Estado

Foto: Divulgação

O Movimento Pró-BR-010 cobra dos deputados e senadores a aprovação de recursos federais, previstos na Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO) para exercício de 2015, destinados à construção da rodovia BR-010. Segundo o movimento emenda orçamentária na LDO só depende da aprovação do Congresso Nacional para que a obra tenha continuidade no ano que vem.

O grupo vai se reunir nessa quinta-feira, dia 4, com o objetivo de definir estratégias para convencer a bancada federal do Tocantins e dos estados cortados pela rodovia, a votarem, pela aprovação da emenda. Uma das alternativas para atingir a meta é ir à Brasília e bater nos gabinetes dos parlamentares congressistas.

Segundo o movimento, alguns parlamentares já defendem à proposta, mas outros ainda não foram consultados, por isso, não se sabe quais seus posicionamentos. “Esperamos apoio total de nossos representantes em Brasília, pois não podemos desperdiçar essa oportunidade que possibilita o retorno da construção e conclusão da 010”, afirma o movimento. Outra solicitação do Pró-BR é que o Governo inclua a estrada no Programa de Aceleração do Crescimento – PAC 3.

A BR-010 visa ligar o Distrito Federal a Belém pela margem direta do rio Tocantins e deverá beneficiar no Estado regiões bastante desprovidas de infraestruturas viárias, como a Sudeste, Leste e Nordeste. A estrada tem alguns trechos construídos, mas no território tocantinense se encontra paralisada desde 2007. A reunião do movimento acontecerá às 14 horas na Assembleia Legislativa em Palmas. (Ascom)

Por: Redação

Tags: LDO, Movimento BR-010, PAC