Geral

Para comemorar o aniversário da Declaração Universal e do Centro de Direitos Humanos de Palmas, será lançando hoje, 10 de dezembro, logo mais as 19h, no SESC, o filme Labirinto de Papel, que traz relatos e esclareçam casos de violações dos direitos humanos no Tocantins durante o período da Ditadura Civil-Militar no Brasil (1964-1985). 

O projeto Memória, Verdade e Justiça no Tocantins é uma realização do Centro de Direitos Humanos de Palmas (CDHP), com apoio do Ministério da Justiça – Comissão de Anistia, através do edital Marcas da Memória.

O Centro também executa os projetos Centro de Referência em Direitos Humanos - CRDH e Justiça e Segurança Pública no Tocantins, através destes projetos, até novembro de 2014, foram atendidas 698 pessoas, que buscaram apoio jurídico, psicológicos e social, nas atividades de formação participaram 891 pessoas. 

O CDHP ainda atua na defesa e apoio aos movimentos de luta pela moradia e da terra, associações de moradores e vendedores ambulantes, movimentos de defesa das mulheres, crianças e adolescentes, idosos, pessoas com deficiência, sistema prisional e grupos LGBT. O projeto CRDH é apoiado pela Secretaria Nacional dos Direitos Humanos da Presidência da República.

Maiores informações sobre os trabalhos do Centro de Direitos Humanos com Fátima Dourado coordenadora do Centro de Referência em Direitos Humanos e Presidente do Conselho Estadual dos Direitos Humanos do Tocantins. (Ascom CDHP)

Por: Redação

Tags: Centro de Direitos Humanos, Sesc