Saúde

Foto: João Di Pietro

O Hospital Dona Regina conta agora com um Cartório de Registro Civil. O serviço facilitará o registro do nascimento das crianças que nascem na instituição, garantindo assim o pleno exercício da cidadania e a garantia dos direitos fundamentais com a emissão da Certidão de Nascimento.

A implantação do Cartório do Hospital Dona Regina é uma das ações previstas pela Rede Cegonha, e tem por objetivo garantir que 70% dos bebês que nascerem na maternidade sejam registrados antes de terem alta hospitalar. O Cartório funcionará todos os dias, das 08 às 12 horas, o registro de nascimento é feito em menos de 10 minutos e é gratuito.

O recém-nascido Samuel Ximenes de Sá foi o primeiro bebê a ser registrado no Cartório do Hospital Dona Regina, com menos de 8 horas de vida. Para seus pais, Jhonathan Ximenes de Sousa e Milena Alves de Sá, a implantação do cartório dentro do Hospital facilitou o registro do seu filho e agora ele já tem nome e sobrenome.

Para a emissão da Certidão de Nascimento os pais precisam apresentar no Cartório os seguintes documentos: para os pais casados civilmente, basta à presença do pai ou da mãe, que deve apresentar Identidade, a Certidão de Casamento e a Declaração de Nascido Vivo (DNV), que é emitida pelo Hospital. Os pais que não são casados devem apresentar a Identidade dos dois e a Declaração de Nascido Vivo (DNV).

Para a diretora geral, Cristina Aparecida de Freitas, “a implantação do Cartório dentro da Maternidade Dona Regina é mais conquista desta Instituição e o objetivo é prestar um melhor atendimento aos nossos usuários”.