Polí­tica

Foto: Divulgação

O governador Marcelo Miranda (PMDB) já tem maioria do apoio dos deputados estaduais segundo apurou o Conexão Tocantins durante a sessão de posse nesta quinta-feira. 1º. Durante e cerimônia na qual ele foi empossado vários parlamentares ouvidos pelo Conexão Tocantins afirmaram que o entendimento é de ajudar o novo governo devido aos problemas e a situação difícil que o Estado passa.

O deputado estadual Wanderlei Barbosa (PSB) falou na cerimônia representando a bancada de oposição. Ele era líder do governo Sandoval Cardoso (SD). Ele disse que o Estado passa por um novo momento. “Não quero chegar aqui como representante da oposição e sim como um representante deste Estado. Lutaremos pelo desenvolvimento deste Estado. Vamos atrás, vamos fazer as cobranças necessárias mas ajudando no necessário”, disse.

Barbosa disse a Miranda que não fará uma oposição cega. “Compreendo que nenhuma oposição faremos que não seja possível sentar na mesa e discutir”, frisou. Ele disse que quer que o poder legislativo contribua para o desenvolvimento do Tocantins. “Se ficarmos o tempo todo chorando e colocando mágoas no que saiu não seria algo salutar. Quero que o senhor conte com o apoio do solidariedade e de outros partidos. Não queremos radicalismos”, frisou.

Participaram da cerimônia vários deputados estaduais dentre eles parlamentares que não foram eleitos na base de Marcelo como Mauro Carlesse (PTB), Eli Borges (Pros), Wanderlei Barbosa (PSB), Cleiton Cardoso (PSL), Ricardo Ayres (PSB), Jorge Frederico (SD) e que reforçaram a intenção de contribuir com a nova gestão.

Até o deputado estadual eleito Eduardo Siqueira Campos (PTB) esteve presente. Eduardo adotou um tom de conciliação ao falar do novo governo e frisou que não será uma trincheira da oposição.

Dezenas de prefeitos também participaram da cerimônia de posse inclusive o presidente da Associação Tocantinense de Municípios – ATM, Leonardo Cintra. O ex-vice-governador Tom Lyra também esteve presente.