Estado

Foto: Divulgação

A atual gestão da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) está com cerca de 60 mandados recebidos nos meses de novembro e dezembro de 2014 que não foram cumpridos. Na lista das determinações judiciais para se cumprir está a compra de medicamentos de alto custo ou importados, órteses e próteses, cirurgias, internações compulsórias e outros.

Segundo o superintendente de Assuntos Jurídicos da Sesau, Pabllo Vinícius Félix de Araújo foram feitos levantamentos para se cumprir as determinações da justiça, “mas estamos esbarrando nos problemas que a gestão passada nos deixou; como as dívidas com fornecedores que agora não querem entregar os medicamentos e insumos necessários para atender aos pacientes”.

O secretário de Estado da Saúde, Samuel Braga Bonilha disse que uma força tarefa está sendo feita para o cumprimento mais breve possível de todas as determinações da justiça e minimizar os danos aos usuários do SUS.