Polí­cia

Em um mês de fiscalização intensiva, a Operação Pente Fino já apreendeu 15 veículos de mototáxis e realizou 49 autos de infrações, sendo 13 em ônibus coletivo, 30 em mototáxis e seis em táxis. A operação atua em horários alternados, tanto no período diurno quanto no noturno, sem prévio aviso, com o objetivo de proporcionar maior segurança aos usuários do transporte público individual e coletivo de passageiros.

Das 15 motos que foram apreendidas, oito foram apreendidas só na última quarta-feira, 07, durante fiscalização ao ponto de mototáxi em frente ao Shopping Capim Dourado. Segundo o diretor fiscalização e operação de transporte da Secretaria de Acessibilidade, Mobilidade, Trânsito e Transporte (SMAMTT), Jocélio Santos, seis motos já foram regularizadas e liberadas.

“A operação era para ser finalizada no dia 31 de dezembro, mas resolvemos ampliar esse prazo por tempo indeterminado. O nosso objetivo é tirar de circulação veículos que insistem em trabalhar clandestinamente, sem licenciamento e autorização de exercício da atividade expedido por nossa secretaria”, acrescentou Santos.

O secretário Christian Zini garantiu que a fiscalização nos pontos de mototáxi, táxi e no transporte coletivo será rigorosa. “Nossos agentes de trânsito e transporte sempre realizam esse tipo de fiscalização, mais intensificamos para que a ação alcançasse todos os veículos e condutores que realizam o transporte público. Estamos combatendo a ilegalidade no exercício da atividade e fiscalizando as condições dos veículos, e com isso proporcionando a nossa população um transporte de qualidade e segurança”.

No transporte coletivo, além de verificar as condições dos veículos, os agentes farão ações repentinas nas estações para verificar o cumprimento dos horários das linhas de ônibus, como também ouvirão os usuários. (Secom Palmas)

Por: Redação

Tags: Christian Zini, Jocélio Santos