Polí­cia

Foto: Imagem/Facebook

A Polícia Militar prendeu um suspeito de matar a empresária Késia Freitas Cardoso, de 26 anos. O corpo da jovem foi encontrado nesta segunda-feira (19) dentro de um latão de lixo, em Uberlândia, no Triângulo Mineiro. Segundo reportagem do R7 Notícias. 

A assessoria de imprensa da corporação confirmou a prisão, mas não deu outras informações sobre a participação do homem no crime. Um segundo suspeito já foi identificado e continua sendo procurado.

O corpo da empresária estava em avançado estado de decomposição. A suspeita é que ela tenha sido morta entre sexta-feira e sábado, com uma facada no pescoço. A polícia achou luvas cirúrgicas, objetos pessoais, e um lençol próximo ao local do crime.

Na bolsa da vítima foi achado ainda um comprovante de depósito bancário, que será investigado. Késia estava hospedada em um hotel no centro de Uberlândia. Ela tinha sido vista pela última vez quando pegava um táxi e teria dito a uma amiga que ia se encontrar com um rapaz no bairro Jardim Célia.

A Polícia Civil quer saber qual taxista levou a mulher ao bairro. Duas amigas dela já prestaram depoimento. A família da empresária, que é do Tocantins, está a caminho de Minas para dar andamento nos procedimentos de reconhecimento e traslado do corpo. (Fonte R7 Notícias)