Saúde

Foto: Heitor Iglesias

No Dia Mundial do Câncer, lembrado nesta quarta-feira, 4, o governo do Estado orienta e estimula a população tocantinense a adotar hábitos saudáveis para a vida. No Tocantins, a estimativa do Inca para 2014/2015 é que sejam notificados 1.250 casos novos de câncer para o sexo masculino, sendo 410 casos novos de próstata. Enquanto no sexo feminino, estima-se 910 novos casos, sendo 180 de câncer de mama e 180 casos novos de colo de útero.

Seguindo os dados do Inca, mais de 12 milhões de pessoas no mundo são diagnosticadas todo ano com câncer. Cerca de 8 milhões morrem. No Brasil, o Instituto estima 580 mil novos casos da doença para 2015.

Cerca de um terço dos cânceres mais comuns podem ser evitados por meio de comportamentos saudáveis, como não fumar, reduzir o consumo de álcool, adotar alimentação rica em frutas, legumes, verduras e grãos e praticar atividades físicas regularmente. Todas estas iniciativas ajudam a reduzir os fatores de risco para o câncer e são componentes essenciais para reduzir as mortes prematuras. 

De acordo com dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca), o tabagismo responde por, pelo menos, 22% de todas as mortes por câncer, o álcool está fortemente associado ao risco aumentado de câncer de boca, faringe, laringe, esôfago, intestino, fígado e mama. Já a obesidade preocupa, porque já afeta entre 20 e 40% dos adolescentes em todo o mundo, o que pode aumentar, na idade adulta, o risco de câncer do intestino, mama, útero, pâncreas, esôfago, rins e vesícula biliar. 

Para o secretário de Estado da Saúde, Samuel Bonilha, a principal estratégia para o combate ao câncer é a prevenção. “A população deve estar consciente que a prevenção e o diagnóstico precoce reduzem o risco de morte e aumenta as taxas de cura. É importante lembrar que a adoção de hábitos saudáveis desde a infância reduz o risco de câncer e outras doenças crônicas não transmissíveis, como diabetes e doenças cardíacas na vida adulta”, ressalta. 

Tratamento 

O secretário ainda destaca que a prevenção está ao alcance de todo cidadão, já que no Tocantins todos os 139 municípios oferecem nas Unidades Básicas de Saúde exames preventivos de colo de útero (papanicolau), autoexame das mamas e o exame de próstata (PSA). 

Para exames complementares como a mamografia, a rede estadual oferece pontos fixos de atendimento em Palmas, no Hospital Geral de Palmas (HGP), Araguaína (CDT), Gurupi (Policlínica Dr. Luiz Santos), Dianópolis (Hospital Regional), Augustinópolis (Hospital Regional) e Paraíso do Tocantins (Policlínica João Coelho de Azevedo). 

Após a confirmação do diagnóstico, os pacientes são encaminhados para Unidade de Referência de cada município, para o tratamento do câncer. No Estado existem duas Unidades de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia (Unacon), uma em Palmas, no HGP, e outra em Araguaína, no HRA. (Com informações Sesau)