Estado

Foto: Divulgação

O governo estadual retomou as nomeações de cargos comissionados. Foram nomeados mais de 50 militares e alguns designados para cargos de comandante e subcomandantes.

O Diário Oficial traz ainda a nomeação de mais de 90 servidores comissionados para a pasta da Segurança Pública e outros para o Comando do Corpo de Bombeiros Militares.

Foi publicado ainda pelo governo a homologação do resultado final, da Avaliação Periódica de Desempenho referente ao interstício de 2014 dos servidores do Quadro de Profissionais da Saúde do Estado do Tocantins.

Segundo o secretário de Saúde, Samuel Bonilha informou ao Conexão Tocantins na manhã desta quinta-feira, 5, a avaliação é necessária para garantir a ascensão dos servidores no plano de carreiras da categoria. “Para ter ascensão na progressão do plano de carreira nós estamos homologando o resultado dessa progressão que eles vão ter”, explicou.

Bonilha encontrou muitas dificuldades na área principalmente com relação aos medicamentos e pouco mais de um mês após assumir disse que a prioridade tem sido a atividade meio. “Nossa preocupação é resolver e regularizar processos para abastecer a rede  e manter a rotina de controle de entrega dos medicamentos, por enquanto essa é a prioridade”, disse.

O atraso na realização das cirurgias eletivas também foram comentadas pelo secretário. Ele disse que as prioridades de urgência e emergência estão sendo atendidas neste primeiro momento. Atualmente mais de  1.034 pessoas, distribuídas em várias especialidades, aguardam realização de cirurgias.

O secretário acusou a gestão passada de ter desviado R$ 50 mi das obras de ampliação do Hospital Geral de Palmas- HGP. “ Desviaram o dinheiro para asfalto e ficaram apenas R$ 30 milhões destes pagaram R$ 14 milhões para a empresa”, informou.

A atual gestão tenta negociar com a empresa para manter as obras. “ Pedimos à empresa que não parem as obras para adiantarmos o mais rápido possível. Vamos buscar financiamento e nos virar para arrumar o dinheiro para terminar a obra”, frisou. O HGP é o maior hospital público do Estado e recebe pacientes até de fora do Estado.

O governo também tenta manter as obras dos Hospitais de Araguaína e de Gurupi.

Por: Equipe Conexão Tocantins

Tags: Diário Oficial, Samuel Bonilha, Secretaria Estadual de Saúde