Geral

Foto: Divulgação

Depois de percorrer 14 municípios em 11 dias, a caravana da Campanha Carnaval do Bem chegou ao seu destino final, em Tocantinópolis na região do Bico do Papagaio, extremo Norte do Estado. Aproximadamente 20 mil alunos da rede pública estadual participaram diretamente da campanha que encerrou as atividades na tarde desta quinta-feira, 12, no Centro de Ensino Médio Darcy Marinho. O objetivo do Carnaval do Bem é alertar os jovens para os riscos durante o período de festas como o carnaval, como gravidez na adolescência, casos de violência ou uso de drogas.

No caso do CEM Darcy Marinho, que tem 285 alunos matriculados no ensino médio básico e no curso técnico de enfermagem, os educadores trabalham questões como sexualidade e drogas no cotidiano das aulas. “Temos uma parceria fundamental com a sociedade e igrejas para trabalharmos juntos esses temas. Semana passada ministramos uma palestra promovida por jovens sobre o perigo do uso das drogas”, contou Josilene de Oliveira Sousa, secretária da escola, que atualmente responde pela direção.

A ação na escola vem dando certo, segundo Josilene, porque desde 2003 vem sendo percebida uma redução nos casos de gravidez entre as alunas adolescentes. Além disso, a educadora frisou que não há registro de casos de uso de drogas na escola.

A estudante Kamila Carvalho Olímpio, de 17 anos, que está no curso técnico de enfermagem foi uma das jovens que participou da programação do Carnaval do Bem em Tocantinópolis e aprovou a campanha. “Gostei da iniciativa, eu sempre procuro o melhor para mim, brincar (o carnaval) nos lugares que apresentam menos perigo e prestar atenção nas companhias”, ressaltou.

Já Lourane do Nascimento Silva, aluna do 3º ano do ensino médio, que participa do Programa Ensino Médio Inovador (Proemi) e faz o jornal da escola, disse que a campanha é importante para esclarecer e mobilizar a escola. “Temos que aprender a curtir o carnaval com mais responsabilidade. Há muitas coisas que o jovem pode fazer para se divertir de maneira segura”, frisou.

Representando o secretário de Educação, Adão Francisco, o superintendente de Desenvolvimento da Educação, Divino Mariozan, destacou a importância de se trabalhar a prevenção junto aos jovens tocantinenses. “Faço aqui um compromisso com vocês para que multipliquem essa ideia com os colegas, familiares para que evitem as drogas, que é um caminho sem volta e está em todos os lugares”, disse.

Já o delegado Tiago Daniel de Moraes, que responde pela Delegacia da Mulher/Criança e Juventude, contou casos de pessoas que se envolveram com drogas e não conseguiram de recuperar. “Todos vocês jovens têm muitas chances de serem pessoas de sucesso, mas é preciso lembrar que, no caminho da vida, tem o esforço para se chegar onde queremos, mas devemos evitar pular etapas”, ressaltou.

Balanço

A caravana Carnaval do Bem começou por Palmas, no dia 2 de fevereiro, e seguiu por Paraíso, Tocantínia, Miracema, Pedro Afonso, Guaraí, Colinas, Araguaína, Porto Nacional, Gurupi, Dianópolis, Arraias, Araguatins e Tocantinópolis. Ao todo, mais de 20 mil estudantes de Norte a Sul do Tocantins acompanharam as programações desenvolvidas em cada uma das escolas que receberam a caravana, que encerrou as atividades nesta quinta-feira. (Ascom Seduc)