Educação

Foto: Elias Oliveira

O Sistema de Avaliação do Estado do Tocantins (Salto), que é aplicado durante a segunda quinzena de fevereiro, termina nesta sexta. Ao todo, 36.186 estudantes da rede estadual de ensino participaram da avaliação em 2015. As provas têm como objetivo proporcionar um diagnóstico inicial da proficiência dos alunos, além de avaliar a qualidade do ensino e aprendizagem na Educação Básica das Redes Estadual e Municipal de Ensino, para fins de orientar políticas públicas para a melhoria dos indicadores educacionais do Estado.

As provas são aplicadas nas áreas de Língua Portuguesa e Matemática, Ciências e Geografia para o 5° e 9º ano do Ensino Fundamental e na 3ª série do Ensino Médio também nas áreas de Química, Física, Biologia e Língua Inglesa. O Salto possui um formato de avaliação objetiva, baseado nos descritores do Sistema Avaliação de Educação Básica (Saeb/ MEC) e no referencial curricular do ensino fundamental da Secretaria de Estado da Educação (Seduc).

Segundo o gerente de avaliação da Seduc, Emerson Soares, os resultados das provas oferecem subsídios para que os docentes direcionem a sua prática, as escolas reestruturem seus projetos pedagógicos e os Sistemas de Ensino definam suas políticas públicas voltadas para a igualdade de oportunidades educacionais e a qualidade do ensino ofertado. “Partindo do diagnóstico as escolas conseguem verificar avanços e dificuldades dos estudantes e propor ações dentro da grade curricular”, disse.

Com um sonho de cursar direito, e possuir uma consciência social em poder ajudar outras pessoas através da profissão, a aluna do 9º ano Isadora Maciel Gama, 14 anos, destacou que, com essa prova foi possível identificar quais as áreas que tenho mais dificuldade ou facilidade de compreensão em meus estudos. “Quando somos avaliados, entendo que terei a oportunidade de melhorar nas matérias onde tenho dificuldade”, completou.

Próximas etapas

Dentro de um cronograma, a segunda avaliação será feita em junho para checar a aplicação e o desempenho das ações propostas e desenvolvidas nas escolas. Também acontece uma avaliação conclusiva em outubro, avaliação de saída, que avalia o desempenho do ano letivo. (Ascom Seduc)