Polí­cia

Foto: Divulgação

O prefeito Ronaldo Dimas (PR) se reunirá nesta terça-feira, dia 3, em seu gabinete na Prefeitura de Araguaina, com os promotores Benedicto de Oliveira Guedes Neto, Paulo Alexandre Rodrigues de Siqueira e Leonardo Gouveia Olhe Blanck; o juiz da Vara de Execuções Penais, Antônio Dantas; e a comandante do 2º BPM, Tenente Coronel Patrícia Murussi Leite. O assunto abordado na reunião será pertinente às estratégias que serão tomadas a partir dos atentados que ocorreram em Araguaína na noite desta segunda-feira, dia 2.

Araguaína foi o segundo município alvo dos atentados com a queima de quatro ônibus na cidade na noite desta segunda-feira, 3. Quinze homens encapuzados invadiram a garagem da Viação Lontra e jogaram gasolina em três ônibus. Até a rede de energia foi prejudicada o que deixou a população ainda mais temerosa.

Os ônibus foram levados para a garagem da Secretaria Municipal da Educação e estão sob escolta policial.

Os ataques começaram no final de semana por Palmas onde dois ônibus da empresa Expresso Miracema foram queimados e outro da Viacap sofreu atentado a tiros. Na capital viaturas continuam nas estações e ainda na escolta de algumas linhas de ônibus. O Comando da Polícia Militar reforçou o efetivo nas ruas e enquanto isso o departamento de Inteligência da Polícia trabalha para identificar se a facção criminosa, Comando Vermelho, realmente está por trás dos atentados.

Algumas pichações foram feitas na cidade de Araguaína.