Polí­tica

Foto: Divulgação

O deputado Eduardo Siqueira Campos (PTB) participou nesta quinta-feira, 26, da audiência pública realizada pela Comissão de Educação da Assembleia Legislativa para discutir a situação da Unitins.

O deputado voltou a destacar todo o processo de criação dos campi de Augustinópolis, Araguatins e Dianópolis. O parlamentar rechaçou de imediato a hipótese levantada pelo líder do Governo de que esses Campi foram criados com caráter eleitoreiro. “A MP assinada pelo Governador Siqueira Campos criando esses campi aconteceu em 14 de janeiro de 2014 e a MP foi convertida em Lei, por unanimidade nesta Casa em 26 de março. Sem contar inúmeras decisões dos Conselhos Curador da Universidade e de Educação do Estado. Tratar como eleitoreira a criação desses Campi é desmerecer o trabalho destes dois Conselhos”, frisou Eduardo.

Eduardo Siqueira afirmou também que as aulas foram iniciadas após os prédios terem sido adaptados, professores contratados e a implantação do aparelhamento necessário para que as aulas fossem ministradas. “Não havia orçamento e todo esse investimento foi feito e nenhuma dívida restou para este ano”, declarou.

Eduardo ressaltou a importância econômica do funcionamento desses Campi e alegou que todo esse esforço para que as aulas tenham prosseguimento é válido tanto pelo desenvolvimento social como para o desenvolvimento econômico da região. “Somente no  Bico do Papagaio são injetados por mês mais de R$ 1 milhão de reais na economia da região, oriundos do movimento que a Universidade proporciona em aluguéis, alimentação, vestuário, transporte e outros”,  finalizou.