Cultura

Foto: Divulgação

A visão do povo Xerente em relação à Usina Hidrelétrica Luiz Eduardo Magalhães, em Lajeado, é o foco do documentário “Da Luz da Vida à Água Que Morre”. O filme foi selecionado para compor a programação do projeto Sesc Amazônia das Artes e vai ser exibido em outros nove estados. Em Palmas, as sessões serão no CineSesc (Centro de Atividades, na 502 Norte) nos dias 10 e 15 de maio, às 16h e 19h, respectivamente. A entrada é gratuita.

De acordo com Monise Busquets, diretora do filme, a participação no Projeto é a oportunidade de mostrar o trabalho cinematográfico produzido no Tocantins. “O Sesc Amazônia das Artes é um evento de grande importância para as artes produzidas na região Norte, e reflete os costumes, as ideias e sentimentos das pessoas que vivem em uma região tão diversa socioculturamente. Guardamos conosco uma expectativa muito positiva de poder levar ao público debates importantes e que interferem na vida cotidiana de nossa morada, o Norte do País”, destacou a cineasta.

Com duração de 17 minutos, o filme recebeu o prêmio de Melhor Curta Tocantinense (júri técnico) na 9ª Mostra de Cinema e Vídeo de Miracema – Miragem. A ficha técnica do documentário é repleta de talentos locais. Caio Brettas foi o diretor de produção e fotografia; Marcel Roschel, assistente de produção; Celso Rezende, assistente de fotografia; Alex Busquets, Diego Britto e Fábio Geriz atuaram no som e trilha sonora e a produção de base é de Mariana Guimarães. 

Sesc Amazônia das Artes

Sempre resgatando e incentivando a cultura produzida nos estados que compõem a Amazônia Legal, o Sesc Amazônia das Artes busca estimular e difundir a produção artístico-cultural desses estados e por outros que possuem características semelhantes, devido a sua proximidade com a realidade da região.

A circulação de obras nas linguagens de Artes Plásticas, Dança, Música e Teatro é o seu alvo principal. Produção artística essa oriunda dessa região e que atende às necessidades específicas para um melhor desenvolvimento, além de integrar os departamentos regionais do Sesc nos estados que formam a Amazônia Legal.

Por: Redação

Tags: Agenda Cultural, Sesc, Sesc Amazônia