Campo

Foto: Valdivino Melo

A produção de frutas recebe incentivos do Governo do Estado, principalmente para agricultura familiar e na Agrotins Brasil 2015 – Feira de Tecnologia Agropecuária essa atividade é incentivadas em sistemas de projetos produtivos. Numa área de dois hectares (conhecida como fazendinha), o Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins) implantou diversos projetos de fruticultura para apresentar aos pequenos produtores.  

Um dos projetos em destaque é o plantio experimental melancia tutorada que chama atenção pelo sistema de cultivo diferenciado. As ramas da melancia ficam suspensas em uma cerca aramada. Para o técnico agrícola, Valdivino Melo, este sistema é vantajoso pela técnica simples e redução de espaço. “Numa mesma área o produtor consegue dobrar o plantio, num hectare que produz três mil melancias, tem a oportunidade de passar para seis mil”, explicou.

Melo disse ainda que o sistema de plantio experimental, a princípio, possui bons indicadores na produção do fruto. “Notamos que as melancias estão de boa qualidade, e ainda, o produtor pode cultivar em qualquer época do ano para produzir, até mesmo no período chuvoso”, disse.

Açaí e mamão

O aproveitamento de espaço é caracterizado também no plantio de mamão papaya consorciado com o açaí. De acordo com o coordenador do sistema de plantio, Anibal Pereira, a intenção é mostrar ao produtor as diferentes alternativas de plantio consorciado. “O açaí é uma cultura perene, assim podemos aproveitar o espaço para plantio de frutas como mamão, melancia, banana e grãos”, enfatiza.

Realização

A Agrotins é uma realização do governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária, suas vinculadas Instituto de Desenvolvimento Rural (Ruraltins) e Agência de Defesa Agropecuária (Adapec), secretarias de Estado, instituições financeiras e parceiros. 

Por: Redação

Tags: Agrotins 2015, Valdivino Melo