Palmas

Foto: Divulgação

Foi publicado no Diário Oficial da Prefeitura de Palmas uma convocação para uma reunião extraordinária da Comissão Especial para análise das áreas objeto de desapropriação, destinadas à implantação de construção do projeto “Bus Rapid Transit – BRT”. O encontro será dia 7 de maio na Sala de Reuniões da Superintendência de Compras e Licitações.

A pauta da reunião é a análise das Contrapropostas apresentadas pelos proprietários das áreas impactadas e as deliberações gerais acerca do processamento da desapropriação.

Em entrevista ao Conexão Tocantins nesta quarta-feira, 6, um dos representantes dos impactados, Antonio Carlos Cabral que reside na Aureny III, lote 20 afirmou que eles estão aguardando resposta da Prefeitura. “Ofereceram 98 mil na minha casa mas não saio de lá por menos de 130 mil. O valor oferecido não dá nem para comprar o lote”, disse.

Ele afirmou que um grupo de 30 famílias entrou na justiça para contestar o valor oferecido pela Prefeitura. O procurador Geral de Palmas, Publio Borges disse recentemente ao Conexão Tocantins que a Prefeitura tem disponível R$ 10 milhões para pagar as indenizações. Ainda não há previsão para início das obras do BRT nem para realização da licitação para a primeira etapa. (Matéria atualizada às 16h27min)