Campo

Foto: Divulgação

A Feira de Tecnologia Agropecuária do Tocantins (Agrotins) atrai anualmente a atenção de produtores, empresários, estudantes e pesquisadores em agronegócio de todo o País. Nesta 15ª edição, Feira acontece entre os dias 5 e 9 de maio, no Centro Agrotecnológico de Palmas, e tem como tema ‘Cadeia Produtiva de Grãos’. E entre as mais de duas mil atrações da Feira está a palestra trazida pela empresa Frango Norte, de Paraíso.

O frigorífico de aves é um dos associados ao Sindicato das Indústrias Frigoríficas de Carnes Bovinas, Suínas, Aves, Peixes e Derivados do Estado do Tocantins (Sindicarnes), e participa da Agrotins com estande próprio, onde irá receber os visitantes e divulgar seus produtos, a Frango Norte também traz para a Feira uma palestra sobre “A importância da Avicultura para o desenvolvimento Regional”.

A palestra será realizada nesta sexta-feira (08/05), a partir das 15 horas, no Auditório principal da Agrotins, e será ministrada por Antônio Guilherme Castro​, que é médico veterinário, diretor do Centro de Sanidade Avícola do Instituto Biológico de São Paulo e Presidente da Câmara de sanidade da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA).

De acordo com o diretor presidente da Frango Norte, José dos Santos Carneiro, o objetivo do evento é motivar a produção de grãos e aumentar a cadeia produtiva Avícola na região e no Estado. “Para nós é muito importante participar de uma Feira tão grande e tão movimentada como a Agrotins. Temos a oportunidade de divulgar ainda mais os nossos produtos e de mostrar as potencialidades da produção avícola de nosso Estado, além de proporcionar mais informações sobre o setor”, afirmou José Carneiro.

Agrotins

A feira é promovida pelo Governo do Estado do Tocantins, por meio da Secretaria de Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária (Seagro) e vinculadas, Agência da Defesa Agropecuária (Adapec), Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins), Instituto de Terras do Tocantins (Itertins) e apoio de instituições financeiras e entidades de classe ligadas ao setor produtivo.

Durante os cinco dias de evento, serão realizadas duas mil atividades, entre palestras, clínicas tecnológicas, dinâmicas e dias de campo. A meta da Seagro é que sejam capacitados mais de 15 mil participantes. O evento é considerado a maior feira de tecnologia agropecuária da Região Norte e a 8ª maior feira de agronegócio do Brasil. Já quanto ao público, a expectativa é de receber cerca de 95 mil pessoas.