Saúde

Foto: Carlos Magno  No Estado, o trabalho junto aos hospitais e com profissionais das redes de saúde estadual e municipais tem sido intensificado No Estado, o trabalho junto aos hospitais e com profissionais das redes de saúde estadual e municipais tem sido intensificado

Efetivar os princípios do Sistema Único de Saúde (SUS) no cotidiano das práticas de atenção e gestão, qualificando a saúde pública do Brasil e incentivando trocas solidárias entre gestores, trabalhadores e usuários, essa é a proposta da Política Nacional de Humanização (PNH) que, no Tocantins, vem reforçando ações através de voluntários, instituições e empresas.

No Estado, o trabalho junto aos hospitais e com profissionais das redes de saúde estadual e municipais tem sido intensificado. Através de grupos de trabalho, profissionais e gestores estabelecem propostas, cuja intenção é melhorar o atendimento aos usuários.

De acordo com a responsável pelo setor de humanização da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), Lhívia Loureçoni Barbosa, os grupos de trabalho buscam o atendimento mais humanizado, qualificado, resolutivo e responsável. A política de humanização também tem sido implementada em unidades de saúde de Palmas, Araguaína e Gurupi. Segundo ela, a proposta é ainda incluir os usuários nas discussões. “Ao participarem dessas reuniões, os próprios usuários podem nos apontar problemas e possíveis soluções”, disse.

Para Lhívia, a participação de todos os profissionais envolvidos na área chama à responsabilização pela saúde. “Exemplo disso é um funcionário que está fazendo a limpeza local, ao ver que um paciente não está bem, tem a missão de chamar um responsável para atender essa pessoa. Ou seja, também participa dos processos nos hospitais”, explicou.

O Hospital e Maternidade Dona Regina (HMDR) é hospital de referência para o país no atendimento humanizado. Com relação ao parto humanizado, a atuação abrange reuniões semanais de colegiado, grupos de treinamento e visitas guiadas das gestantes.

Nas reuniões de grupo, são apontadas deficiências e soluções para o melhor andamento da implementação da PNH. “Quando falamos da humanização, ela é consequência de todo esse processo de mudança nos trabalhos dentro das unidades”, afirmou.

Os processos de trabalho também devem ser implementados através de um plano de trabalho, com metas e avaliações dos serviços. (Secom-TO)