Estado

A Central Única dos Trabalhadores no Tocantins (CUT/TO) realiza neste sábado, dia 16 de maio, no Auditório do CUICA/UFT, em Palmas, o Seminário “Terceirização, Meritocracia e Precarização do Trabalho: Como Tudo Isso Nos Afeta”.

A atividade tem como objetivo trazer esclarecimentos a classe trabalhadora sobre os danos causados pela terceirização e pelo modelo da meritocracia ao serviço público e principalmente, aos servidores.

De acordo com a secretária nacional da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Graça Costa de cada dez acidentes de trabalho no Brasil, oito acontecem, em média, com funcionários terceirizados, os dados são baseados em pesquisa da CUT, em parceria com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

Caso o Senado Federal aprove  o Projeto de Lei 4.330, recentemente votado no Congresso Nacional, o numero de trabalhadores terceirizados deve aumentar, já que a nova lei abre as portas para que as empresas possam subcontratar todos os seus serviços. Hoje, somente atividades secundárias podem ser delegadas a outras empresas, como por exemplo a limpeza e a manutenção de máquinas.

A CUT tem pautado uma luta nacional de enfrentamento ao PL 4330 e as Medidas Provisórias - MP’s 664 e 665 que só precarizam o trabalho e os direitos dos trabalhadores. Auditores-fiscais, procuradores do trabalho e juízes trabalhistas também acreditam que o projeto é nocivo aos trabalhadores e à sociedade.

O seminário tem como público-alvo centrais sindicais, sindicatos e trabalhadores em geral.

Por: Redação

Tags: CUT, Terceirização