Campo

Foto: Divulgação

Após fiscalização de rotina, uma equipe da Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) constatou a venda ambulante de mudas de frutíferas (jabuticaba, citros, acerola, entre outros), sem procedência, no município de Pedro Afonso. As mudas estavam sem nota fiscal e não possuía permissão de trânsito, pondo em risco a sanidade vegetal do Estado. Ao todo foram apreendidas 536 mudas, que em seguida, foram encaminhadas ao aterro sanitário do município, e o motorista foi multado em R$ 7,2 mil.

Durante a ação, que ocorreu na terça-feira, 2, o motorista do veículo ao ser abordado fugiu do local, mas com reforço da Policia Militar foi localizado.“Fizemos a checagem da documentação e identificamos diversas irregularidades, após lavrarmos o auto de infração e o termo de apreensão, o orientamos sobre a legislação vigente referente à documentação exigida”, declarou o supervisor vegetal, José Carlos Coelho.

Participaram também da ação, o fiscal agropecuário Fernando Schulz, os inspetores de defesa agropecuária, Lenyhawre de Almeida Lima, Jair Teixeira e Ted Mariano Aguiar.

Comercialização

Para comercializar sementes e mudas é preciso obter licença expedida pela Adapec, além de ser inscrito no Registro Nacional de Sementes e Mudas (Renasem/Mapa). “Para preservar todo o patrimônio sanitário vegetal é preciso que os produtores rurais fiquem atentos em adquirir sementes e mudas de produtores ou empresas que sejam licenciadas e que forneçam documentos fitossanitários exigidos pela legislação”, disse o diretor de defesa e inspeção vegetal da Adapec, Carlos César Barbosa.

As pragas que podem conter nas sementes e mudas sem procedência causam sérios prejuízos econômicos a cultivos comerciais e até mesmo particulares. Para mais informações, basta procurar as unidades de atendimento da Adapec, localizada nos 139 municípios do Estado.

Por: Redação

Tags: Adapec, José Carlos Coelho, campo