Polí­cia

Foto: Divulgação Retrato falado do acusado de ser o estuprador e assassino Retrato falado do acusado de ser o estuprador e assassino

Em entrevista ao Conexão Tocantins na manhã desta terça-feira, 16, o delegado responsável pelo caso, João Sérgio Kenupp, informou que continuam as buscas pelo acusado de estuprar e assassinar com 18 facadas, Irene Barroso Costa, 40 anos de idade na sexta-feira, 12 de junho. O delegado negou a prisão de um acusado na tarde de ontem, 15, pelo crime. 

Circula nas redes sociais a imagem de um homem - que teria problemas mentais- junto a Polícia e sendo julgado como o acusado. Um blog chegou a confirmar a informação mas o delegado Kenupp negou a informação. "Tudo mentira", disse. 

Crime brutal 

De acordo com informações repassadas pela Polícia Militar, Irene Barroso foi estuprada em uma construção abandonada no setor Aureny III e após o estupro foi assassinada com 18 facadas. A mulher chegou a ser socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel (Samu), mais não resistiu aos ferimentos e morreu a caminho do hospital. O acusado chegou a ser visto mas fugiu. Um retrato falado do acusado foi elaborado e divulgado nas redes sociais para ajudar na investigação. 

O delegado Kenupp, informou que outras duas mulheres denunciam o mesmo homem por estupro. O delegado afirmou que elas não deram queixa mas que agora decidiram denunciar o estuprador.  

O vereador Claudemir Portugal (PPS) cobrou através de uma rede social providências da Prefeitura de Palmas para eliminação de imóveis abandonados e lotes baldios no Aureny III.