Esporte

Foto: Divulgação

O lutador de jiu-jítsu de Araguaína, norte do Tocantins, Roniedson Andrade de Oliveira (Amazon Fight Team/ AFT), 34 anos, segue imbatível em competições internacionais este ano. O atleta tocantinense foi campeão Sul-Americano de Jiu-jítsu Esportivo, na categoria super pesado. O evento ocorreu no fim de semana, de 19 a 21 de junho, em Belém, Pará.

O Campeonato Sul-Americano de Jiu-Jitsu Esportivo 2015, que faz parte do calendário da Confederação Brasileira de Jiu-Jítsu Esportivo, reuniu cerca de 2.000 atletas do Brasil e de outros países, a exemplo das delegações da Argentina, Guiana Francesa e Peru.

Roniedson tem se tornado um colecionador de títulos dentro e fora do País. No Campeonato Brasileiro, disputado em abril deste ano, faturou quatro títulos; máster faixa preta super pesado e Absoluto sem kimono, além da categoria super máster Master e Absoluto com kimono. Ele ainda recebeu o troféu de melhor índice técnico da competição.

Menos de um mês depois, Roniedson sagrou-se campeão no Campeonato Mercosul, em Buenos Aires, na Argentina.O lutador conquistou o título na categoria super pesado, faixa preta, e foi vice-campeão na categoria absoluto. Participações com o apoio do Governo do Estado, por meio da Secretaria do Esporte, Lazer e Juventude (Seelj)

A série de competições continua para o atleta tocantinense. Ele disse que tem mais três grandes desafios para este ano. “Quero competir na Europa e nos Estados Unidos, além do Mundial, no Brasil”.

Mas, para lutar nesses três eventos, ele disse que depende de apoio. “É um gasto muito grande. Quem é atleta sabe da dificuldade para cumprir um calendário de competição, principalmente, em campeonatos no exterior. Preciso de patrocínio para continuar na luta”, ressaltou.