Polí­tica

Foto: Divulgação

Uma comissão, formada por representantes de famílias do setor Jardim Aureny III e região, foi recebida na manhã dessa terça-feira, 23, pelos vereadores de Palmas. A comissão veio em busca de apoio dos parlamentares municipais para resolver o impasse das indenizações dos imóveis que serão destruídos para permitir a implantação do sistema de transporte Bus Rapid Transit (BRT).

Os moradores alegam que o valor indenizatório proposto não corresponde ao preço praticado no mercado imobiliário. Mirian Vieira, moradora do Aureny III, afirma que a Prefeitura de Palmas se recusa a negociar com as famílias.

Uma nova reunião  envolvendo vereadores e representantes das famílias impactadas pelo BRT ficou definida para ocorrer na próxima segunda-feira, 29, na sede da Câmara.