Polí­tica

Foto: Divulgação

O deputado Carlos Gaguim (PMDB) esteve reunido na quinta-feira, dia 25 de junho, na Secretaria de Relações Institucionais (SRI) com o ministro, Eliseu Padilha, e com o vice-presidente Michel Temer parar discutir a liberação das emendas parlamentares dos deputados em primeira legislatura. Já foi liberado o acesso ao Sistema de Gestão de Emendas (Sigem), porém, até o momento, não foi autorizado o cadastramento dessas emendas.

Gaguim falou em organização. "Estamos organizando a Frente Parlamentar da Renovação, que conta com a grande maioria dos deputados em primeiro mandato,  pois temos os mesmos direitos e queremos ajudar o nosso Estado da mesma forma”, disse. 

O deputado debateu sobre a possibilidade de disponibilidade de recursos para a construção do hospital de emergência de Palmas. “Este Hospital é de suma importância para a cidade de Palmas e, também, para todo o Estado. Os tocantinenses não precisarão mais viajar em busca de atendimento", afirmou. 

Projeto de lei

Após a realização da audiência pública que tratou sobre o tema “o valor das passagens aéreas”, o deputado Carlos Gaguim protocolou projeto de lei que regula o preço das passagens aéreas nos voos comerciais dentro do Brasil. No projeto Gaguim propõe que o valor máximo da passagem não ultrapasse em 3x o menor valor tarifado no mesmo voo, ou seja, caso o menor valor do voo seja R$ 100,00, no mesmo voo o valor máximo a ser cobrado seria R$ 300,00.

O peemedebista concluiu: “Chega de preços abusivos! Com essa lei o cidadão não pagará preços exorbitantes nunca mais.”

Depois de finalizada a audiência pública o deputado não saiu completamente satisfeito e mencionou que tem outro projeto para protocolar: “O próximo projeto regulamentará as taxas de remarcações, pois pagar mais caro para remarcar a passagem do que comprar outra passagem nova é um absurdo!”, disse. 

Por: Redação

Tags: Atividade Parlamentar, Carlos Gaguim, PMDB