Estado

Foto: Carlos Magno Governador participou em maio da décima edição do Fórum dos Governadores da Amazônia Legal Governador participou em maio da décima edição do Fórum dos Governadores da Amazônia Legal

Marcelo Miranda é um dos governadores que integram a 11ª Reunião do Fórum dos Governadores da Amazônia Legal, a ser realizada na sexta-feira, 24, no Centro de Convenções do Amazonas (CCA), em Manaus (AM). O objetivo é debater a redução da emissão de gases para minimizar o efeito estufa em nível nacional e internacional e a importância da Amazônia no contexto global. Além dos governadores dos estados da Amazônia Legal, estão previstas as participações dos ministros da Secretaria Extraordinária de Assuntos Estratégicos da Presidência da República, Mangabeira Unger, e Izabella Teixeira, do Meio Ambiente.

Durante o encontro, os governadores devem discutir, juntamente com os secretários do Meio Ambiente dos estados envolvidos, os desdobramentos da Carta de Cuiabá, redigida e assinada pelos respectivos governadores, na ocasião da 10ª reunião do Fórum dos Governadores, realizada no mês de maio, em Cuiabá (MT).

O documento lança seis reivindicações do bloco amazônico por mais investimentos e maior proteção ao patrimônio natural da região. Os estados defendem também o direito de receber investimentos nacionais e estrangeiros em compensação pelas reduções de desmatamento e de emissão de gases poluentes conquistadas nos últimos anos. Alguns dos investimentos a que a Carta de Cuiabá se refere são aqueles que podem ser obtidos por meio do sistema REDD+, que prevê a geração de créditos conforme a redução do volume de gases poluentes à atmosfera.

Programação

Na programação da 11ª reunião do Fórum dos Governadores da Amazônia Legal, constam exposições com a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, sobre a participação dos estados da Amazônia na estratégia nacional de redução de emissões pelo desmatamento e degradação, bem como, a participação do governo federal na Conferência Internacional (COP 21).

Em outra exposição, o ministro-chefe de Assuntos Estratégicos da Presidência da República, Roberto Mangabeira Unger, vai abordar as estratégias de articulação institucional entre o governo federal e o Fórum dos Governadores da Amazônia. Já o conselheiro sênior e líder do projeto da Força-Tarefa dos Governadores para o Clima e Florestas (GCF), William Boyd, vai mostrar a estratégia da Força-Tarefa dos Governadores para o Clima e Florestas quanto ao ano de 2015, rumo à COP 21.

Amazônia Legal

Integram a Amazônia Legal, os estados do Mato Grosso, Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins.