Polí­cia

Foto: Divulgação Um dos acusados presos durante a operação Rota 040 Um dos acusados presos durante a operação Rota 040
  • Materiais de explosão a caixas eletrônicos apreendidos durante a operação rota 040
  • Um dos veículos apreendidos

Com o objetivo de desarticular uma quadrilha especializada em roubo de camionetes, com atuação na Região Sudeste do Estado, a Polícia Civil deflagrou, na última terça-feira, 21, a operação Rota 040, a qual foi realizada pela Delegacia Regional de Polícia Civil de Dianópolis, com apoio da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos e Veículos Automotores (Derfrva) e do Grupo de Operações Táticas Especiais (Gote), em Dianópolis e municípios vizinhos.  

Conforme o delegado regional Ibanez Aires da Silva Neto, a PC deu início às investigações em de janeiro deste ano, devido aos constantes roubos de camionetes, especialmente os modelo Hilux, que estavam acontecendo na região. De acordo com o delegado, as vítimas eram abordadas na estrada, entre os municípios de Porto Nacional e Dianópolis, e depois mantidas em cativeiro, na zona rural de Dianópolis e Natividade, enquanto os autores dos roubos seguiam para a Bahia com os veículos subtraídos a fim de negociá-los, no Estado vizinho.

A operação foi realizada nos municípios de Dianópolis, Almas e Taguatinga e resultou na prisão de quatro homens, sendo que dois deles são suspeitos de integrar a quadrilha especializada em roubos de camionetes e roubos a bancos e os outros dois foram presos pela prática do crime de receptação.

Com os acusados presos, a Polícia Civil também apreendeu dois veículos, modelo Gol, além de maçarico, macaco hidráulico, pé de cabra, serra multiuso, tubo de oxigênio e diversos celulares. De acordo com o delegado, “essa farta quantidade de material apreendido e o tipo de objetos apontam para fortes indícios de que o bando seja responsável por roubos a bancos e explosões de caixas eletrônicos no Estado”, avaliou. 

Ainda conforme o delegado, os trabalhos investigativos terão continuidade, nos próximos dias, “Vamos realizar novas etapas da operação Rota 040 em breve, a fim de localizar e prender os demais membros dessa quadrilha e recuperar outros veículos que ainda estejam em poder dessa organização criminosa”, frisou. (Ascom SSP)