Bastidores

Foto: Divulgação

O ex Deputado Estadual Manoel Queiroz se desfiliou do Partido Popular Socialista (PPS) na última semana de julho. Ele era filiado à sigla desde o início da década de 1990 e esteve fora do PPS por um breve período, quando se filiou ao Partido dos Trabalhadores (PT).

A desfiliação, segundo alegou Manoel Queiroz, teria sido motivada pelo desalinhamento político partidário entre ele e sua antiga legenda. “Quando o PPS estava na base do ex-governador Siqueira Campos (PSDB), eu fiz oposição. No atual governo é a mesma coisa”, pontuou, ao lembrar que não faz mais parte da base de apoio do governo.

O ex-parlamentar enfatizou que sua saída do PPS não estaria atrelada a motivos pessoais, uma vez que, segundo ele, possui bom relacionamento com o deputado estadual Eduardo do Dertins, presidente regional da sigla e com João Sapateiro, presidente municipal do PPS de Augustinópolis, onde possui sua base política.

Conforme Manoel Queiroz, ainda não há decisão sobre qual caminho seguirá, mas afirmou já ter recebido convite do presidente regional do Partido da Social da Democracia (PSD), o Deputado Federal Irajá Abreu, de quem foi apoiador nas últimas eleições estaduais. “Não tenho nada decidido, a situação será resolvida somente após 15 de agosto”, finalizou.

Por: Redação

Tags: Bastidores, Manoel Queiroz, PPS