Economia

Foto: Divulgação

Mais de 2.500 produtos, 250 empregos diretos e indiretos e capacidade para atender pequenos, médios e grandes comerciantes em todo o Estado, com prazo de entrega de no máximo 36 horas. Estas são algumas das características do novo centro de distribuição do Atacadão que abre as portas no sábado, 15, em Palmas. 

Para o Tocantins, a ampliação do centro de distribuição é fator de fortalecimento da economia local. Segundo o superintendente de Desenvolvimento Econômico da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), Vilmar Carneiro, o atendimento do centro de distribuição irá além das fronteiras do Tocantins. “Nós sabemos que outras grandes empresas instaladas aqui atendem boa parte do sul do Pará, do leste do Mato Grosso e do oeste da Bahia. Então, podemos afirmar com segurança que um empreendimento desse porte vai ultrapassar as nossas fronteiras”, diz.

Vilmar Carneiro pontua que caberá ao Estado uma observação mais atenta quanto as possibilidades relativas a tributação, que nestes casos, é diferenciada. “Isso reforça nosso entendimento da importância dessa unidade de distribuição como meio de promoção do desenvolvimento do Estado do Tocantins”, conclui.

O Atacadão no Tocantins

O Atacadão inaugurou sua primeira loja no Tocantins em 2009, na Capital.  Em 2012, tornou-se um centro de distribuição. Já em 2015, no mês de maio, inaugurou sua segunda loja, desta vez, em Araguaína.Com uma área construída de 5.500 m², o novo centro de distribuição vai abastecer as unidades de Palmas e Araguaína.

De acordo com a Assessoria de Imprensa do Grupo Carrefour, ao qual a empresa pertence, o novo centro está localizado na quadra 912 Sul, próximo à estação rodoviária de Palmas, e a abertura está prevista para este sábado, às 9 horas. (Matéria atualizada às 10:54min de 17/08)

Por: Redação

Tags: Atacadão, Vilmar Carneiro