Polí­tica

Foto: Divulgação

Em cumprimento a mandado judicial pela Comarca de Palmas, o deputado estadual Mauro Carlesse (PTB) foi transferido na manhã desta sexta-feira, 21 de agosto, para o Quartel do Comando Geral da Polícia Militar (QCG). Ele estava detido desde o dia 31 de junho em seu gabinete na Assembleia Legislativa e agora está em sala especial no QCG, pertencente ao Estado Maior, onde ficam pessoas que tem alguma prerrogativa. 

Graças a decisão judicial, o deputado vinha participando normalmente das sessões. O advogado do deputado, Sandro Henrique Armando, informou que a autorização do parlamentar Mauro Carlesse em continuar participando das sessões não foi revogada. 

Carlesse se recusa a pagar uma pensão de R$ 50 mil e um retroativo de R$ 300 mil para a esposa oficial Rosângela Carlesse.