Estado

Foto: Divulgação

Em reunião realizada na tarde dessa quinta-feira, dia 20, com o superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) no Tocantins, Eduardo Suassuna, o Movimento Pró-BR-010 recebeu a informação de que a licitação da rodovia federal não deverá mais ser realizada neste ano, e sim em 2016. Em outra oportunidade, Suassuna tinha afirmado que a licitação seria realizada em 2015, e somente o início da construção, nesse caso do lote entre Aparecida do Rio Negro e Goiatins, ficaria para o próximo ano.

O grupo solicitante acentuou que o objetivo do encontro era saber justamente sobre o atual estágio do processo licitatório. Diante da surpresa provocada pela nova informação, Suassuna recomendou que fosse feita uma gestão política visando a acelerar a elaboração dos anteprojetos que antecedem a licitação, os quais estão em andamento no Dnit nacional, com sede em Brasília.

O superintendente garantiu que o início dos serviços ocorrerá cerca de três meses após a licitação, e que a agilidade dos anteprojetos é fundamental ao processo. Por outro lado, Suassuna ressaltou que a conservação de trechos da BR-010 que estão em andamento, será mantida enquanto a construção definitiva não começar.

Por: Redação

Tags: Dnit, Eduardo Suassuna, Pró-BR-010