Polí­tica

Foto: Divulgação Uma das imagens deixadas nos Sites Uma das imagens deixadas nos Sites

Sites oficiais de pelo menos 15 dos 139 municípios do Tocantins ficaram fora do ar após invasão de hackers que começou nesta segunda-feira, 7. Nesta terça-feira, 8, os sites continuam com o problema segundo informou o presidente da Associação Tocantinense de Municípios do Tocantins, prefeito de Brasilândia, João Emídio. “Tomamos conhecimento dessa situação, isso é crime e já acionei minha equipe jurídica estamos trabalhando na apuração desse caso”, disse em entrevista ao Conexão Tocantins.

Nesta terça-feira o número de sites invadidos já chega a 40, segundo levantamento da ATM. “Recomendando prefeitos para ter cuidados na troca de email e que cada prefeitura acione as empresas responsáveis pelos Sites para que deem mais segurança”, informou o presidente.

Até a manhã de hoje ainda não há nenhuma suspeita com relação á invasão e a investigação ficará a cargo de cada prefeitura, segundo a ATM.

Os Sites invadidos todos usam o domínio to.gov.br. Os hackers deixaram mensagens "quem guardará os guardadores?" e "Reze pela Síria".

Lagoa da Confusão, Miracema do Tocantins, Paraíso do Tocantins, Alvorada, Dueré, Sandolândia, Cariri do Tocantins, Aliança do Tocantins, Chapada da Natividade, Pugmil, Taipas do Tocantins, Aguiarnópolis, Juarina, Luzinópolis e Itaguatins são alguns dos municípios que tiveram os portais invadidos.