Polí­tica

Foto: Divulgação

Segundo o senador Ataídes Oliveira (PSDB/TO), a única saída que resta ao Brasil para resgatar "um mínimo de credibilidade no cenário internacional é o fim do governo PT", ponderou ao avaliar o rebaixamento da nota do país pela agência de risco Standard & Poor’s. O senador lembrou que há uma semana, em discurso no Plenário do Senado, ele já havia previsto que o país estava prestes a perder o grau de investimento conferido pelas agências internacionais, devido à crise política e aos péssimos indicadores econômicos, agravados a cada mês neste segundo mandato da presidente Dilma.

“Com a perda do selo de bom pagador, o Brasil certamente vai mergulhar numa crise ainda mais sombria do que a atual, com o agravamento da recessão e do desemprego”, afirmou Ataídes. E o pior, segundo ele, é que outras agências de risco importantes, como a Moody’s e a Fitch, também podem rebaixar a nota do Brasil, firmando a imagem de que o país é caloteiro e afugentando os investimentos externos.

Será o fundo do poço, na opinião do senador tocantinense, já que a capacidade de investimento interno está comprometida pelo desequilíbrio fiscal e pela queda assustadora da poupança doméstica. “Estamos a falar há longa data que é preciso enxugar a máquina pública, cortar despesas e incentivar a produção no país. Agora é tarde. A única solução é a saída do PT do governo”, concluiu.