Cultura

Foto: Divulgação

O pianista Miguel Proença, um artista que figura no “Wall of Fame” da Steinway&Sons, em Hamburgo, na Alemanha, juntamente com os maiores pianistas de todos os tempos, lança a sétima edição do Projeto Piano Brasil. O projeto, consolidado como uma das principais iniciativas da música erudita brasileira dos últimos anos, já esteve em 134 cidades brasileiras e passará por Palmas/TO no sábado, 19 de setembro, no Teatro Fernanda Montenegro, às 20 horas, com entrada franca. 

No dia anterior, sexta-feira, 18 de setembro, o pianista fará no mesmo espaço, às 15 horas, um ensaio aberto destinado às crianças da rede pública municipal de ensino, e às 18 horas uma master class, ambos com entrada franca.

O projeto, consolidado como uma das principais iniciativas da música erudita brasileira dos últimos anos, já passou por cidades como Recife, Maringá, Porto Alegre, Natal, Manaus, Rio Branco, Brasília, Salvador e Campo Grande. O Projeto tem patrocínios do BNDES e da Caixa Econômica Federal. A realização é da Delphos Produções, Ministério da Cultura e Governo Federal.

Miguel Proença 

Miguel Proença é um artista de renome internacional, em permanente evidência no meio musical brasileiro e internacional; eloquentemente saudado pelo público e pela crítica nos seus 50 anos de carreira, completados em 2012. Natural de Quaraí, Rio Grande do Sul, e radicado no Rio de Janeiro, Miguel Proença já atuou em diversos estados brasileiros e países de todo o mundo como solista e camerista.

Miguel Proença possuí uma extensa discografia que reúne mais de 20 gravações. Exerceu cargos de diretor artístico do Teatro do SESI de Porto Alegre, Secretário Municipal de Cultura do Rio de Janeiro, diretor da Sala Cecília Meireles e diretor da Escola de Música Villa-Lobos. Exerceu de 1997 a 2002, o cargo de professor convidado da Universidade de Música de Karlsruhe, Alemanha.

Doutor em Música pela Escola Superior de Música de Hannover, fez parte do corpo docente do Instituto de Artes da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, UERJ. Recebeu em 1991, a Comenda da Ordem do Rio Branco no grau e Comendador por suas atividades no cenário musical brasileiro. Em 1989 e 1999, foi escolhido pela APCA (Associação dos Críticos de Arte de São Paulo), como Melhor Pianista do Ano. Executou a parte para piano da trilha sonora do filme Villa-Lobos – Uma Vida de Paixão e Zelito Viana.

Realizou ao longo da sua carreira, inúmeros recitais na Europa, EUA e Ásia, além de participar do júri de diversos concursos de piano internacionais. Em 2001, foi premiado com o 1º Troféu Negrinho do Pastoreiro, na categoria música erudita, oferecido pela Associação Municipalista do Rio Grande do Sul.

Em abril de 2005 lançou a coletânea “Piano Brasileiro” pela gravadora Biscoito Fino, inaugurando o Selo Biscoito Clássico. Considerada pela UNESCO “Patrimônio da Música Brasileira”. Neste mesmo ano, Miguel Proença percorreu treze cidades brasileiras divulgando este trabalho em sua turnê “Piano Brasil”.

Em 2006, iniciou a segunda fase desta turnê, denominada “Piano Brasil II”, que passou por quinze cidades brasileiras. Neste mesmo ano, juntamente com a atriz e cantora Bibi Ferreira, lançou o disco “Tango”, pelo Selo Biscoito Fino – escolhido como “Melhor Disco de Língua Estrangeira”, no Prêmio TIM de Música Brasileira. Recebeu o Prêmio Líderes e Vencedores, da Assembléia Legislativa do RS, e o Prêmio Destaque Gaúcho, conferido pelo Programa Destaque Gaúcho.

Em 2007, a turnê “Piano Brasil” realiza na sua terceira edição percorrendo vinte cidades brasileiras. Em 2008, Miguel Proença realizou a quarta edição da turnê “Piano Brasil”, percorrendo vinte e cinco cidades no Brasil e a turnê internacional, Piano Brazil in the World, iniciada com uma apresentação no Carnegie Hall, em New York além da participação em diversos Festivais na Itália, França, Espanha, Macedônia.Em 2009 a aclamada turnê “Piano Brasil” está na quinta edição privilegiando mais vinte cidades brasileiras, além de master classes e Festivais na Europa.

 Em 2010 a turnê “Piano Brasil” entra em sua sexta edição realizando mais vinte recitais em todo o Brasil. Em 2011 participa da turnê “Alô Clássicos!” percorrendo cidades do interior do estado do RJ realizando recitais comentados. No ano de 2012, iniciou a turnê “Piano Itinerante”, passando por seis cidades brasileiras. Ainda este ano, lançou o cd triplo Pianíssimo, em comemoração aos seus 50 anos de carreira, que reúne as principais gravações do vasto repertório internacional de Miguel Proença. Em 2013 deu continuidade a turnê “Piano Itinerante”, além de realizar diversos recitais pelo Brasil. Em 2014, Miguel Proença é convidado pela FAMES (Faculdade de Música do Espírito Santo) para ser diretor artístico e orientador do “Núcleo de Excelência Pianística”.

Miguel Proença é um artista Steinway e figura no “Wall of Fame“ da Steinway&Sons em Hamburgo,  Alemanha , juntmente com os maiores pianistas de todos os tempos.