Polí­tica

Foto: Divulgação Projeto de Jeovana Campos dispõe sobre a obrigatoriedade das escolas estaduais instalarem sistemas de captação de águas das chuvas Projeto de Jeovana Campos dispõe sobre a obrigatoriedade das escolas estaduais instalarem sistemas de captação de águas das chuvas

O projeto da jovem parlamentar tocantinense, Jeovana Campos, que dispõe sobre a obrigatoriedade das escolas estaduais instalarem sistemas de captação de águas das chuvas, foi aprovado, por unanimidade, na tarde desta quinta-feira, 24, na Câmara Federal. Dos projetos selecionados nesta quinta, um se tornará lei nacional.

Jeovana, de 17 anos, mora no município de Rio Sono e é a única representante do Tocantins no Parlamento Jovem Brasileiro (PJB), em Brasília. Ela cursa o 3º ano do ensino técnico Agropecuário Integrado, na Escola Agrícola de Porto Nacional.

De acordo com o gerente de Projetos Educacionais da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), Júlio César da Rocha, a aprovação do projeto é resultado do esforço da aluna e do incentivo da Seduc à formação de lideranças jovens “O Tocantins está muito bem representado em Brasília. Estamos felizes com mais essa conquista. É sinal de que a educação está avançando”, afirmou.

Ainda segundo Júlio, o Tocantins está avançando nos pilares da educação integral e humanizada. “O orgulho, para nós, é ainda maior pelo fato de ser uma aluna de escola agrícola. Isso nos faz alcançar um dos nossos pilares desta gestão, que é a educação integral e humanizada”, disse.

PJB

O programa Parlamento Jovem Brasileiro é uma iniciativa da Câmara dos Deputados, que seleciona estudantes do ensino médio de todo o Brasil para simular a jornada de trabalho de um deputado federal. Durante cinco dias, esses jovens criam projetos de lei e aprendem sobre todas as etapas do processo legislativo.

Podem participar do projeto estudantes entre 16 e 22 anos de idade, matriculados e frequentando regularmente o 2º ou 3º ano do ensino médio em escolas públicas e particulares.