Estado

Pelo quarto ano consecutivo o Tribunal de Justiça do Tocantins apoia a campanha internacional Outubro Rosa, que busca conscientizar sobre a importância do diagnóstico precoce e tratamento do câncer de mama. Em virtude disso, a iluminação do prédio do TJTO ficará cor-de-rosa, a partir da noite desta quinta-feira (1/10) e segue durante todo o mês. A delicadeza do rosa também pode ser conferida no site do TJTO (www.tjto.jus.br).  

A iluminação cor rosa “é compreendida como a união dos povos pela saúde feminina”, conforme o Ministério da Saúde. Essa é uma das várias ações que ocorrem em todo mundo em prol da conscientização do câncer de mama e do engajamento da sociedade nesse mês de outubro, que é o mês de alerta específico para a prevenção ao câncer de mama na mulher.

De acordo com pesquisa do Instituto Nacional do Câncer de Mama José Alencar Gomes da Silva (Inca) e o Ministério da Saúde, a estimativa para o biênio 2014/2015 é de 57.120 novos casos de câncer de mama no Brasil.

Histórico

A história do movimento popular internacionalmente conhecido como Outubro Rosa iniciou na última década do século XX, quando o laço rosa que simboliza a luta contra o câncer de mama e estimula a participação da sociedade, foi lançado pela Fundação Susan G. Komen for the Cure e distribuído aos participantes da primeira Corrida pela Cura, realizada em Nova Iorque, Estados Unidos, em 1990.

No Brasil, a primeira iniciativa pública de adesão ao Outubro Rosa foi a iluminação em rosa do monumento Mausoléu do Soldado Constitucionalista, mais conhecido como o Obelisco do Ibirapuera, em São Paulo/SP, em outubro de 2002.

Por: Redação

Tags: Outubro Rosa, Tribunal da Justiça