Polí­tica

Foto: Gerdan Wasley

O senador Ataídes Oliveira, presidente do PSDB do Tocantins, disse que "está aberto o caminho para o impeachment da presidente Dilma e para o fim da era PT, marcada pela corrupção, pela irresponsabilidade e pela ineficiência”, afirmou em relação à rejeição das contas de 2014 do governo Dilma pelo Tribunal de Contas da União. “Vivemos num regime democrático, com instituições fortes, não mais numa ditadura ”, arrematou Ataídes.

O senador fez questão de louvar a autonomia do TCU, lembrando que o governo não conseguiu interferir, como gostaria, na decisão da corte maior de fiscalização do País. “A força de instituições como o TCU, a Polícia Federal e o Ministério Público Federal é uma conquista do povo brasileiro. A presidente Dilma tem que aprender a respeitar mais nossas instituições”, observou. 

Ataídes ressaltou, ainda, a unanimidade de votos no TCU e o caráter técnico da decisão contrária ao governo. Não restou a menor sombra de dúvida, segundo ele, de que a presidente  cometeu crime de responsabilidade ao permitir a maquiagem do balanço contábil de 2014 por meio das chamadas pedaladas fiscais.