Educação

Foto: Divulgação

Os técnico-administrativos de todos os câmpus da Universidade Federal do Tocantins (UFT) devem retornar ao trabalho nesta quinta-feira, 08 de outubro. Isso porque ontem, 07, foi assinado um acordo entre a Federação de Sindicatos de Trabalhadores Técnicos-Administrativos em Instituições de Ensino Superior Públicas do Brasil (Fasubra) e o Governo Federal. A categoria aceitou um aumento de 10,8% dividido em dois anos, abaixo do índice de inflação. 

Segundo informações repassadas pelo Sindicato dos Técnicos-Administrativos da UFT, a reposição dos dias paralisados será através de compensação de horários definidos entre servidores e suas chefias.  

O retorno às aulas na Universidade Federal do Tocantins também pode estar com os dias contatos. O comando da greve docente através do Sindicato dos Docentes da Universidade Federal do Tocantins (Sesduft) divulgou assembleia docente que irá acontecer nesta quinta-feira e entre as pautas estão: avaliação da greve, construção da Assembleia Universitária e indicativo de saída de greve com data de retorno às aulas entre os dias 13 e 16 de outubro. 

A assembleia acontece no Anfiteatro 1/Bloco D do câmpus Palmas às 08 horas. 

Greve na UFT 

A greve dos docentes na UFT já persiste por mais de quatro meses. Os professores, em votação no mês de setembro, decidiram por 153 votos a 123 em favor da continuação da paralisação.