Estado

Foto: Lula Marques Presidente Dilma Rousseff com o articulador dos Jogos Indígenas, Marcos Terena Presidente Dilma Rousseff com o articulador dos Jogos Indígenas, Marcos Terena

O Palácio do Planalto confirmou ao Conexão Tocantins que a presidente Dilma Rousseff participará da cerimônia de abertura dos Jogos Mundiais Indígenas que acontecerá nesta sexta-feira, 23. Até a abertura oficial, atividades exclusivas aos indígenas são realizadas. Nos congressos técnicos, eles discutem formas de disputa, regras e modalidades a serem apresentadas, como demonstração e competição. No Festival Internacional da Cultura Indígena, eles apresentam danças e costumes.

O futebol dará o pontapé inicial das competições nos Jogos Mundiais dos Povos Indígenas, em Palmas. O único esporte que não é tradicionalmente indígena, mas também conquista os atletas nas aldeias, começa nesta quarta-feira, 21, às 19h30. O evento é gratuito e aberto ao público.

Milhares de indígenas do Brasil e do exterior já estão em Palmas para a disputa dos jogos. Os organizadores dão informações divergentes sobre o calendário do evento, como no caso do futebol, que tem início previsto para hoje, segundo o Ministério do Esporte, mas só deve começar amanhã, dia 22, conforme o dirigente do Comitê Intertribal (ITC), Carlos Terena.

Os jogos de futebol serão disputados no Estádio Nilton Santos e Terena disse que só vão começar amanhã devido a problemas de logística. "Mas teremos outras atividades e faremos alguns ajustes técnicos. Tentaremos fazer uma oficina de cada modalidade para que as etnias possam aprender atividades não inerentes a eles”.

Enquanto os envolvidos na organização do evento definem o dia e a hora das disputas, mais indígenas chegam a Palmas. Em frente à vila onde os jogos, feiras e outras atividades serão feitos, várias culturas se misturam. Enquanto pataxós e kamayurás dançavam e cantavam suas tradições, tribos neozelandesas e filipinas assistiam e conversavam. O clima de interação e troca cultural deve se intensificar ao longo do evento.

Para garantir isso, a vila conta com espaços específicos para apresentações espontâneas. Dentro da vila, as obras estão em fase de acabamento. A Arena Verde, onde ocorrerá a maioria dos jogos, é ampla e cercada de arquibancadas com capacidade para até 10 mil pessoas. Apesar de elogiar a decoração da vila dos jogos, Marcos Terena disse que a ideia dos indígenas era fazer algo mais alusivo à celebração e menos à competitividade.

“A construção da arena é um padrão não indígena. A gente quer fugir desse formato de "rodeio”, de campeonato de índios. Como são os primeiros jogos mundiais, todos esses ingredientes que a gente não conhecia fugiram do nosso controle. A ideia inicial era fazer uma coisa mais aberta, mas tem a questão de segurança, bombeiros. Todas essas situações fizeram com que houvesse um desenho essencialmente urbano”.

Confira a programação completa:

Quarta-feira (21)
8h30 - Congresso técnico indígena
9h - Abertura da Oca Digital
16h - Futebol (masculino e feminino)
19h30 - Futebol (masculino e feminino)

Quinta-feira (22)
7h30 - Futebol (masculino e feminino)
8h30 - Congresso técnico indígena
9h - Oca Digital
16h - Futebol (masculino e feminino)
17h - Cerimônia de Acendimento do Fogo Ancestral Indígena
19h30 - Futebol (masculino e feminino)

Sexta-feira (23)
7h30 - Futebol (masculino e feminino)
9h - Oca Digital
16h - Traslado do Fogo Sagrado para o local dos jogos
17h30 - Abertura oficial dos I Jogos Mundiais dos Povos Indígenas
21h - Abertura da Feira de Arte e Artesanato Indígenas

Sábado (24)
7h30 - Futebol (masculino e feminino)
8h30 - Fórum Social Indígena
9h - Oca Digital
10h - Cursos de informática
          Abertura da Feira de Agricultura Tradicional Indígena
15h30 - Roda de diálogos sobre esportes
16h - Jogos Nativos Integração: 1ª eliminatória: arco e flecha e cabo de força (masculino)
16h - Jogos tradicionais demonstração
20h - Apresentações culturais: folclores regionais
20h30 - Cunhã Porã - Beleza Internacional Indígena

Domingo (25)
7h30 - Futebol (masculino e feminino)
8h30 - Fórum Social Indígena - Painel Internacional sobre a Agricultura familiar indígena
9h - Oca Digital
10h - Cursos de informática
          Feira da Arte e Artesanato Indígena
          Feira de Agricultura tradicional indígena
16h - Jogos Nativos Integração: 1ª eliminatória: arremesso de lança, corrida com tora e cabo de força (feminino)
16h - Jogos Tradicionais Demonstrativos
20h - Apresentações culturais: folclores regionais
20h30 - Cunhã Porã - Beleza Internacional Indígena

Segunda-feira (26)
7h30 - Futebol (masculino e feminino)
8h30 - Fórum Social Indígena: Roda de diálogos sobre sustentabilidade e mudanças climáticas
9h - Oca Digital
10h - Cursos de informática
          Feira da Arte e Artesanato Indígena
          Feira de Agricultura Tradicional Indígena
15h30 - Diálogo sobre educação ambiental
16h - Sarau literário
16h - 2ª eliminatória: arco e flecha e cabo de forca (masculino)
          1ª eliminatória: corrida 100m (feminina) e corrida 100m (masculina)
16h - Jogos Tradicionais Demonstrativos
20h - Apresentações culturais: folclores regionais
20h - Mostra de filmes indígenas: "Itão Kuegü: As Hiper Mulheres"

Terça-feira (27)
7h30 - Futebol (masculino e feminino)
8h30 - Fórum Social Indígena: Debate sobre educação e juventude indígena
9h - Oca Digital
10h - Cursos de informática
          Feira da Arte e Artesanato Indígena
          Feira de Agricultura Tradicional Indígena
15h30 - Encontro de atletas brasileiros - experiências e conquistas
16h - Videoconferência: jogos indígenas, ciência e academia
16h - 2ª eliminatória: arremesso de lança, cabo de força (feminino) e corrida de tora (masculina)
16h - Jogos Tradicionais Demonstrativos
20h - Apresentações culturais: folclores regionais

Quarta-feira (28)
7h30 - Futebol (masculino e feminino)
8h30 - Fórum Social Indígena: Debate sobre educação e juventude indígena
9h - Oca Digital
10h - Cursos de informática
          Feira da Arte e Artesanato Indígena
          Feira de Agricultura Tradicional Indígena
15h30 - Roda de diálogos: mulheres indígenas: avanços, direitos e saberes tradicionais
16h - Sarau musical
16h – 3ª eliminatória: arco e flecha e cabo de força (masculino)
          2ª eliminatória: corrida 100m (feminina) e corrida 100m (masculino)
16h - Jogos Tradicionais Demonstrativos
20h - Manifestações Culturais: folclores regionais
20h - Mostra de filmes indígenas: "Tainá: Uma aventura na Amazônia"

Quinta-feira (29)
7h30 - Futebol (masculino e feminino)
8h30 - Fórum Social Indígena: Diálogos sobre direiros humanos
9h - Oca Digital
10h - Cursos de informática
          Feira da Arte e Artesanato Indígena
          Feira de Agricultura Tradicional Indígena
15h30 - Roda de diálogos: literatura e comunicação indígena
16h - Sarau literári
16h - 3ª eliminatória: arremesso de lança, corrida com tora e cabo de força (feminino)
16h - Jogos Tradicionais Demonstrativos
20h - Manifestações Culturais: folclores regionais

Sexta-feira (30)
7h30 - Modalidades aquáticas: natação e canoagem
8h30 - Diálogo entre lideranças indígenas: organização e agendas para o futuro
9h - Oca Digital
10h - Cursos de informática
          Feira da Arte e Artesanato Indígena
          Feira de Agricultura Tradicional Indígena
16h - Sarau literário
16h - Finais: cabo de força (masculino), corrida de 100m (feminina), corrida 100m (masculina)           Premiações (a confirmar)
16h - Jogos Tradicionais Demonstrativos
19h30 - Final do futebol (masculino e feminino)
20h - Manifestações Culturais: folclores regionais
20h - Mostra de filmes indígenas: "Jogos dos Povos Indígenas"

Sábado (31)
7h30 - Corrida de fundo 8.400m (masculina e feminina)
8h30 - Diálogo de lideranças indígenas: Organização e agendas para o futuro
9h - Oca Digital
10h - Cursos de informática
          Encerramento da Feira de Arte e Artesanato Indígena
          Encerramento da Feira de Agricultura Tradicional Indígena
16h – Finais: arco e flecha, arremesso de lança, corrida com tora (masculinas), cabo de força (feminino) - Premiações
18h - Cerimônia oficial de encerramento dos I Jogos Mundiais dos Povos Indígenas