Economia

Foto: Ademir dos Anjos

A proposta do Tecnova de possibilitar o desenvolvimento de produtos e processos inovadores tem se tornado realidade nas empresas contempladas pelo programa que, no Tocantins, é executado pelo Instituto Euvaldo Lodi (IEL) e parceiros. Indo além da expectativa, projetos como o Agra, aplicativo em desenvolvimento para munir agricultores de informações estratégicas para o plantio, alcançaram o reconhecimento no cenário nacional da inovação e podem receber novos investimentos após ter sido selecionado para o maior programa de capacitação, mentoria e conexão para startups do País, o Inovativa Brasil.

A ideia já existia na cabeça dos empreendedores mas, depois de ser contemplado pelo Tecnova Tocantins e assim conseguir os recursos necessários, o engenheiro ambiental e jovem empreendedor Maikon Schiessl, de 28 anos, conseguiu desenvolver o Agra, aplicativo voltado a agricultores com previsão para entrar no mercado a partir de 2016. “Foi muito importante [o recurso do Tecnova], crucial, porque nós já tínhamos iniciado o projeto, mas estava em um ritmo muito lento por falta de recursos e a experiência como empreendedor para poder arriscar”, explica Schiessl, que é diretor executivo da empresa tocantinense OXCO2.

O sucesso foi tão grande que a empresa, sediada em Palmas e incubada em São Paulo, está em processo de mudança de seu nome para Agra, o mesmo do projeto e aplicativo. Com ele, o agricultor terá informações de forma rápida em um aplicativo semelhante a uma rede social que permitirá a interação entre eles e a empresa administradora do software e dos dados por meio de uma assinatura mensal.

Segundo Schiessl, o maior ganho para agricultores de médio a grande porte, público a qual se destina, é o de evitar pragas e sua infestação por meio de alertas do risco de chuvas, por exemplo, sua principal causadora. “Eles terão informações técnicas que interessam e de uma forma muito mais rápida para tomar decisões e reduzir custos. Por exemplo, a chuva influencia muito na agricultura e se ele é avisado com antecedência, ele pode tomar uma decisão de esperar o plantio e evitar pragas”, explicou o empreendedor. 

Após ser selecionado pelo Inovativa, programa do Governo Federal, o Agra será apresentado a possíveis investidores no final de novembro, juntamente com outros 92 projetos escolhidos entre cerca de 700 propostas no Brasil. As empresas selecionadas participam de mentorias individuais e coletivas entre empresários e empreendedores experientes e de cursos de capacitação e preparação (bootcamp) para a apresentação à banca de avaliação de negócios com a participação de investidores e grandes empresas em São Paulo.

Maykon comemora ainda a seleção de seu projeto entre os 100 empreendedores mais inovadores e dinâmicos do Brasil nos setores de Saúde, Manufatura Avançada, Tecnologia Limpa e Agrotech no programa "La Idea", uma parceria entre governo Americano e Brasil. Ele vai passar duas semanas de aceleração e modelagem de negócios com uma rede de mentores norte-americanos em New Jersey, logo após a apresentação no Inovativa no final de novembro.