Saúde

Foto: Divulgação

Os municípios que aderiram à Campanha Nacional de Hanseníase, Geohelmintíase e Tracoma 2015 têm até o dia 20 de novembro para informar os resultados de ações de saúde realizados na campanha, que se encerrou no último dia 31 de outubro.

Para alertar os gestores municipais, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) enviou comunicados às secretarias dos 77 municípios que participaram da campanha para que não percam o prazo e preencham o formulário eletrônico específico e único para cada escola no município onde tenham sido realizadas ações da campanha. O FormSUS está disponível no link: http://formsus.datasus.gov.br/site/formulario.php?id_aplicacao=19043 .

Até o momento, apenas 45 municípios alimentaram parcialmente o sistema. A gerente estadual de Doenças Transmissíveis da Sesau, Patrícia Regina Moreira Carneiro, explica que é de extrema importância a alimentação do formulário dentro do prazo para que tenhamos tempo hábil para identificação de possíveis inconsistências e para avaliação dos indicadores e metas propostos pela campanha.

Campanha

Ao todo, 623 escolas da rede pública participam da Campanha Nacional, que tem como proposta identificar e encaminhar aos serviços de saúde estudantes com faixa etária entre cinco e 14 anos e/ou familiares desses estudantes com sintomas ou sinais de Hanseníase, Verminoses e Tracoma. 

Além destas três doenças, no Tocantins a campanha também realizou atividades de prevenção e diagnóstico de tuberculose.

A estimativa é de que 143.399 alunos entre cinco e 14 anos tenham sido alcançados com atividades de prevenção, diagnóstico e controle das doenças priorizadas pela campanha.

Segundo o secretário de Estado da Saúde, Samuel Bonilha, “a partir dos indicadores fornecidos pelos municípios seremos capazes de mensurar a efetividade das ações estratégicas de controle e eliminação dessas doenças, que ainda podem ser consideradas um problema de saúde pública”, completa.