Meio Ambiente

Foto: Divulgação

Apesar do registro das incidências de chuvas nas regiões Central, Sul e Sudeste no Tocantins, a Defesa Civil Estadual informa que os índices pluviométricos para o mês de janeiro continuam abaixo do esperado para o período. As informações foram coletadas com os dados fornecidos pelo Instituto Nacional de Meteorologia (INMET). De acordo com os índices, apenas o município de Paranã, na região Sudeste, que constantemente sofre com longos períodos de estiagem, teve um índice de precipitação dentro da normal climatológica (253,8 mm).

Segundo o gerente do Centro de Monitoramento da Defesa Civil Estadual, o Major Bombeiro Militar Cássio de Sousa Pedro, o índice pluviométrico ainda é parcial, em decorrência dos 11 dias restante para o fim do mês de janeiro. “Vamos observar o comportamento meteorológico para o restante do mês. O que já sabemos é que estamos atravessando um processo atípico de precipitação hídrica neste período”, afirmou.

Precauções

Ainda segundo o gerente da Defesa Civil, a população deve ficar atenta em relação às pancadas de chuva de grande intensidade no decorrer do dia, evitando pontos de alagamentos e risco de deslocamento de massas (ribanceiras). “Idosos e crianças devem permanecer em locais seguros durante chuvas torrenciais”, afirmou.

Também para evitar possíveis acidentes envolvendo veículos nas rodovias do Estado, a Defesa Civil Estadual informa que os   motoristas devem evitar altas velocidades e ultrapassagens perigosas devido as vias estarem com pouca visibilidade e escorregadias. Já em caso de edificações que apresentem fissuras ou trincas em suas estruturas, a população deve ligar para o número 193, no Corpo de Bombeiros.