Estado

Foto: Luciano Ribeiro

O Governo do Tocantins por meio da Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Turismo e Cultura, realizou nesta quinta-feira, 28, um encontro com as federações e entidades de classe do Estado. A reunião teve o propósito de apresentar as ações e os projetos desenvolvidos pela Secretaria, no intuito de unir esforços para o desenvolvimento econômico do Estado, bem como de ouvir as principais demandas do setor.

O encontro marcou ainda o primeiro contato entre o novo gestor da pasta, Alexandro de Castro Silva – empossado nessa quarta-feira, 27 -,  com as entidades e refletiu a dinâmica que será adotada. “Essa proximidade é necessária entre a Secretaria e as entidades constituídas. Nós não podemos pensar em fomentar, incentivar e gerar desenvolvimento se não ouvirmos os atores desse desenvolvimento. Em todo trabalho que a secretaria venha a fazer precisa, primeiramente, ouvi-las para, então, dividir a responsabilidade de tocar esses projetos. Nada que o Governo pretenda fazer na área do desenvolvimento faz sentido se não começar assim”, avaliou o secretário.

O presidente da Federação das Indústrias do Tocantins (Fieto), Roberto Pires, reforçou que todas as entidades convidadas têm interesse no desenvolvimento social e econômico do Estado. Das medidas apresentadas, ele destacou a importância de divulgar as potencialidades do Tocantins. Sobre a iniciativa, o representante do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Higino Julia, apontou como fundamental a parceria com o Governo para que a entidade possa cumprir a missão de criar um ambiente propício para o desenvolvimento de empresas no Estado. “O forte do Sebrae é a capacitação, mas precisamos pensar na inovação e participação das universidades, por meio de pesquisas”, pontuou.

As informações apresentadas pela Secretaria foram dividas em dois eixos: um de projetos e ações voltadas para o desenvolvimento industrial, comercial e de logística, por região; e outro com as ações e projetos voltados para o desenvolvimento dos polos turísticos.

Desenvolvimento Regional

Apresentando o potencial nos setores de indústria, comércio e logística, o diretor de Desenvolvimento Econômico, Eremilson Leite, detalhou os planos e projetos - alguns já em execução, outros em fase de estudo - que devem valorizar a vocação econômica de cada região do Tocantins. Dentre as ações previstas estão a elaboração de um guia técnico para a implantação de distritos industriais; a implantação de berçários industriais nos municípios de Araguaína, Guaraí, Paraíso e Gurupi; a criação de uma agenda permanente de cursos, seminários e palestras, com foco no setor empresarial; além da participação em feiras de negócios nacionais e internacionais, com o objetivo de expor o potencial do Estado.

Eremilson explicou que algumas dessas ações já estão contempladas no Plano Pluri-Anual (PPA) e contam com recursos do Fundo de Desenvolvimento Econômico (FDE), mas que a união de forças poderá ampliar o impacto de cada uma delas na economia regional.

Desenvolvimento do turismo

O superintendente de Desenvolvimento Turístico, James Possapp, destacou que o turismo, mesmo em tempos de crise, é um setor em crescimento no País, o que indica que é um excelente ramo para investimentos. O foco das ações está na estruturação das regiões turísticas do Jalapão, Cantão e Palmas, já consolidadas, e em estudos para desenvolver outras quatro regiões.

Para 2016, dentre os projetos apresentados estão o Programa de Regionalização (do Ministério do Turismo); o Programa de Capacitação Turística, com oferta de cursos voltado à melhor recepção de turistas; e a Temporada de Praia. Ainda estão previstas obras de pavimentação de estrada na região do Jalapão, obras de saneamento, e a construção de um centro de convenções, em Palmas.

Participantes

Além da Fieto e do Sebrae, estiveram representadas no encontro a Federação do Comércio do Estado do Tocantins (Fecomércio), Federação das Microempresa e Empresa de Pequeno Porte do Estado do Tocantins (Femicro-TO), Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado do Tocantins (Faciet), e Associação dos Jovens Empresários e Empreendedores do Tocantins (AJEE).