Estado

Foto: Divulgação Juiz Marlon Reis Juiz Marlon Reis

Em eventos com a participação do juiz Marlon Reis, idealizador da Lei Ficha Limpa, a Ordem dos Advogados do Brasil no Tocantins (OAB/TO) e a Arquidiocese de Palmas lançam, nessa sexta-feira, 26 de fevereiro, a Campanha Contra o Caixa 2 nas Eleições Municipais de 2016. Às 8h30, o presidente da OAB, Walter Ohofugi, o arcebispo de Palmas, Dom Pedro Brito Guimarães, e o juiz Marlon Reis concedem entrevista coletiva na Mitra Arquidiocesana de Palmas (Cúria), localizada na quadra 504 Sul (antiga Arse 51), alameda 04, lote 62.

Nesta entrevista, os três vão falar sobre a necessidade da sociedade se unir para combater o caixa 2 e como será efetivamente o funcionamento da campanha no Tocantins. A ideia é que a seccional da OAB em Palmas, as subseções e as paróquias no interior do Estado sejam transformadas em comitês para receber as denúncias contra o caixa 2. “Esses comitês vão receber as denúncias, avaliar e fazer os encaminhamentos necessários para a Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) e para própria Justiça Eleitoral”, explica Walter Ohofugi.

Para o presidente da OAB, o caixa 2 é o nascedouro das mazelas da administração pública, pois a partir do momento em que o dinheiro ilegal ou irregular ajuda a eleger um determinado candidato, a gestão fica toda comprometida, com a necessidade de devolver o recurso para quem financiou.

Palestra

À noite, a partir das 18h30, o lançamento da campanha terá a sua segunda etapa, com a palestra “Instrumentos Jurídicos e Sociais de Combate ao Caixa 2 nas Eleições”. A palestra será ministrada pelo juiz Marlon Reis e é aberta a todos que queiram participar. Na oportunidade, será lançado o livro Direito Eleitoral Aplicado.