Polí­tica

Foto: Divulgação

A presidente nacional do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), deputada federal pelo Rio de Janeiro, Cristiane Brasil, visitou o Tocantins no inicio dessa semana durante encontro do partido realizado em Palmas. O evento promovido pelo presidente estadual do partido, ex-deputado estadual José Geraldo de Melo Oliveira reuniu mais de 300 filiados no auditório da Assembleia Legislativa, na tarde desta última segunda-feira, dia 21.

Durante o evento o presidente regional José Geraldo e a presidente nacional Cristiane Brasil lançaram 42 pré-candidatos a prefeitos, 410 candidatos ao cargo de vereador em todo o Estado e confirmaram a renovação de 116 Comissões Municipais.

Na presença de 7 dos 8 prefeitos do partido, vice-prefeitos, vereadores, presidentes das comissões municipais e pré-candidatos petebistas às eleições de 2016, a presidente nacional fez um discurso duro contra a corrupção e finalizou dizendo que “é preciso dar um basta na corrupção. Chega. O Brasil não aguenta mais”, desabafou Cristiane.

Cristiane Brasil é filha do ex-deputado federal Roberto Jeferson, ex-presidente do PTB que se afastou do cargo após denunciar a prática de compra de votos no Congresso Nacional, no governo Lula – conhecido nacionalmente como Mensalão.  Hoje, em meio a mais um escândalo, o PTB tem a missão de, através do deputado federal goiano, Jovair Arantes, líder do partido na Câmara, relatar a CPI do impeachment proposto contra a presidente Dilma Rousseff.

O encontro do PTB em Palmas foi uma convocação da executiva regional aos membros do partido no Estado para avaliação dos quadro partidário. Os participantes, vindos de todas as regiões do Estado, também assistiram a palestras sobre prestação de contas, marketing digital e legislação eleitoral.  

O presidente metropolitano, Ricardo Abalém, falou em nome das comissões e disse que o partido está se reestruturando na capital e ainda não tem candidato a prefeito, mas possui um “forte e renovado” quadro para vereadores, “o PTB não tem compromissos e nem restrições a nenhum grupo político. Na capital temos como meta inicial eleger vereadores. Vamos construir com muita atenção a coligação proporcional e de forma democrática ouviremos todos os pré-candidatos a prefeito pra alinhar nossa adesão a uma chapa majoritária no momento certo”, ressaltou Abalém.

O presidente regional do PTB, ex-deputado José Geraldo, discursou e disse que o partido está cada dia mais forte e vai ampliar sua representação nas câmaras e prefeituras em 2016, “vamos crescer e muito nessas eleições Cristiane. Quem está no PTB tem projeto de servir e não de poder. Fazemos política com respeito aos nossos companheiros e aos nossos adversários, essa é a marca do PTB Tocantins. Ganhamos agora 25 novos vereadores e mais um prefeito”.

Sobre a saída dos deputados Mauro Carlesse e Eduardo Siqueira Campos, José Geraldo disse acreditar ter sido uma decisão de foro íntimo, “pois foram muito bem recebidos no partido e após as eleições a estrutura construída no Estado esteve sempre à disposição deles. Nunca exigimos nenhum posicionamento político deles com relação aos governos estadual e federal. Tiveram toda a liberdade para legislar de forma independente. O partido sempre os deixou muito a vontade para trabalhar. Nosso desejo é que tenham sucesso nas novas legendas”, enfatizou o presidente.   

Atualmente o PTB está devidamente constituído em 116 dos 139 municípios tocantinenses.  Com um quadro superior a 10.000 filiados, o partido conta com 08 prefeitos, 9 vice-prefeitos e 76 vereadores.