Polí­cia

Foto: Divulgação

A Polícia Científica identificou, por meio de exames de confronto papiloscópicos, o corpo encontrado nas imediações do lago da Usina Hidrelétrica de Lajeado, na noite da última quarta-feira, 7, em Palmas e afirma tratar-se de Wessley Silvestre Pereira Lima, de 20 anos.

Segundo o superintendente da Polícia Civil, Gilvan Nascimento Nolêto, os exames foram realizados por meio de comparação das impressões digitais colhidas do cadáver, com os arquivos do Instituto de Identificação (IC).

A família também reconheceu o corpo no Instituto Médico Legal (IML), através de uma bermuda que Wessley usava e que havia sido dado a ele por seu pai. De acordo com o Boletim de Ocorrência, registrado pelo pai da vítima na delegacia, o filho teria fugido do Hospital Geral de Palmas (HGP), onde se encontrava internado, na ala psiquiátrica.

Conforme revelaram os exames do IML, não havia qualquer sinal de violência no cadáver, o qual já se encontrava em avançado estado de decomposição. Desta forma, graças aos trabalhos da Polícia Científica, o cadáver foi identificado e não será enterrado como indigente.