Esporte

Foto: Júnior Suzuki

Após um percurso de 1,9 Km de natação, 90.1 Km de ciclismo e 21.1 Km de corrida, o atleta britânico Tin Dom confirmou o favoritismo e venceu o Ironman 70.3 Palmas, realizado na manhã deste domingo, 10. Na categoria feminina, a canadense Magali Tisseyre foi a primeira a cruzar a linha de chegada.

Tricampeão do Ironam no Brasil, Tin Dom se destacou desde o início da prova, quando foi o primeiro a concluir a etapa da natação. Ao cruzar o pórtico de chegada, Tin agradeceu a torcida dos palmenses e fez uma avaliação da prova. “Estava bastante quente, os adversários são difíceis sempre acompanhando bem de perto, porém na corrida consegui abrir vantagem e concluir com esse resultado super positivo”, afirmou.

O vencedor do Ironman 70.3, que concluiu a prova em 3 horas e 53 minutos, ainda ressaltou sua percepção da Capital tocantinense. “Fiquei quatro dias em Palmas e não ficarei mais porque não posso mesmo. Fui muito bem recebido na cidade, no hotel, restaurante, as pessoas foram muito receptivas. Obrigado Palmas”, finalizou.

A canadense Magali Tisseyre se diz adepta de “identificar sinais positivos” e esperava que a sorte que o Canadá teve em 2015 nos Jogos Mundiais Indígenas em Palmas, quando faturaram ouro em duas modalidades, se repetisse com ela. Magali ainda comemorou a vitória e ressaltou que pretende permanecer em Palmas por mais alguns dias.  “A prova não foi fácil, porém as nuvens ajudaram bastante, pois houve um momento que fiquei bastante cansada. Como meu irmão mora em Palmas vou ficar mais quatro dias para passear, conhecer as cachoeiras e aproveitar”, afirmou Magali que trouxe a mãe para aproveitar o momento em família.

No masculino, o primeiro atleta brasileiro a finalizar a prova foi Paulo Roberto Maciel, de Brasília-DF, que chegou em 6º lugar. “Foi uma corrida desgastante, quente, porém gostei muito do resultado, quero me classificar para o mundial da Austrália e esse resultado vai me ajudar”, afirmou.

A primeira brasileira a concluir a prova foi a atleta Ariane Monticelli, que finalizou a competição com o tempo de 4 horas e 39 minutos e ficou com a sétima colocação na categoria. “Não foi um resultado grandioso, porém foi uma boa prova e agradeço a torcida que me deu muito apoio, sempre gritando o meu nome”, finalizou.

Colocação Geral

Masculino

Timothy Philip Don (Tim Don) (Inglaterra) 3h53

Leon Griffin (Austrália) 3h56

Cody Beals (Canadá) 3h59

Christian Hõrper (Alemanha) 4h02

Ivan Raña (Espanha) 4h03

Paulo Roberto Maciel da Silva Junior (Brasil) 4h04

David Breuer (Alemanha) 4h05

Nils Frommhold  (Alemanha) 4h08

Santiago Ascenço (Alemanha) 4h08

Frank Silvestrin (Brasil) 4h09

Feminino

Magali Tisseyre (Canadá) 4h21

Anja Beranek (Alemanha) 4h25

Linsey Corbin (Estados Unidos) 4h28

Lisa J Roberts (Estados Unidos) 4h31

Kirsty Jahn (Canadá) 4h34

Tine Holst (Dinamarca)  4h37

Ariane Monticeli (Brasil) 4h39

Natascha Badmann (Suíça) 4h41

Gisele Bertucci (Brasil) 4h55

Hanna Maksimava (Bielorússia) 5h01

Premiação

A premiação de US$ 75.000,00 é dividida entre os 10 primeiros colocados das duas categorias da seguinte forma: US$ 14 mil, US$ 7 mil, US$ 4.500, US$ 3 mil, US$ 2,5 mil, US$ 2 mil, US$ 1,5 mil, US$ 1,250, US$ 1 mil e US$ 750,00.

Além de pontos no ranking serão distribuídas e 35 vagas para os atletas amadores no Campeonato Mundial Ironman 70.3, que acontecerá em Sunshine Coast, em Queensland, Austrália.