Estado

Foto: Divulgação

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Eletricidade no Estado do Tocantins (Steet), Sérgio Aparecido Fernandes, informou em entrevista ao Conexão Tocantins na manhã desta quarta-feira, 13 de abril, que acontece desde o início da manhã de hoje paralisação da categoria no Estado devido a Energisa Tocantins não atender reivindicação da classe perante a Participação nos Lucros e Resultados (PLR) 2015. 

De acordo com Sérgio Aparecido, cerca de 1.450 empregados da empresa teriam o direito de receber R$ 4.225 cada, pela PLR 2015. "Nos temos um programa de PLR e para receber o valor temos que atingir metas", explicou. Segundo ele, as metas não foram atingidas por culpa da própria empresa, que recusa-se a pagar. "O trabalhador entende não poder ser penalizado por causa de fatores extensos", disse relacionando a fatores climáticos.

Aconteceu uma reunião do Steet com a Energisa nesta última terça-feira, 12, mas, segundo o presidente do Sindicato, Sérgio Aparecido, "não conseguimos avanços. A empresa não mudou de posição e continua sendo o de não pagar", disse. 

A paralisação era para ter acontecido na última segunda-feira, 11, porém, segundo Sérgio, a Energisa "acabou pedindo para suspender porque estava avaliando mas ela respondeu de forma negativa e os trabalhadores estão paralisados", sustentou. Os empregados da Energisa podem decidir por prolongar a paralisação. No final da tarde haverá uma reunião com a categoria para definir. "Não estamos com 100% dos trabalhadores paralisados. Tem um efetivo que continua trabalhando", explicou Sérgio Aparecido. Segundo ele, cerca de 70% do total de trabalhadores pela Energisa estão com suas atividades paralisadas. 

O Sindicato diz esperar que a empresa se sensibilize e chegue a uma resposta que atenda a expectativa dos trabalhadores para ser apresentada em assembleia a ser realizada na quinta-feira, 15, no início do expediente, nas principais localidades: Augustinópolis, Araguaína, Guaraí, Palmas, Paraíso, Gurupi, Porto Nacional e Dianópolis. Em Palmas a assembleia acontecerá apenas na Adm. Central (Restaurante Vovó Dandá)

Energisa 

A Energisa Tocantins informou por meio de nota que a paralisação de seus colaboradores que ocorre no dia de hoje é parcial e que a operação do sistema de distribuição de energia, as equipes de plantão, o funcionamento das agências e o atendimento do Call Centes terão funcionamento normal e, portanto, os serviços prestados aos clientes não serão afetados. 

A Energisa confirmou que a paralisação foi convocada pelo sindicato da categoria em razão dos resultados da Participação nos Lucros e Resultados (PLR) do ano de 2015. Segundo a empresa, a PLR caracteriza-se por um reconhecimento financeiro feito aos empregados em função do atingimento de várias metas estabelecidas para o ano e previamente negociadas com o Sindicato, de forma ampla. 

A empresa manifestou reconhecer e respeitar a manifestação como forma de garantir a liberdade de expressão e ressaltou que cumpriu integralmente o acordo firmado com o sindicato, legítimo representante da categoria, concedendo, inclusive, avanços em relação aos números originalmente conquistados como resultados da PLR. 

Ainda é repassada a informação de que a primeira parcela da PLR de 2015 foi paga em outubro do mesmo ano correspondendo ao valor de R$ 1.900 e que a segunda parcela, e última, seria paga no próximo dia 30 de abril. (Matéria atualizada às 10h29min) 

Por: Redação

Tags: Energisa, Steet, Sérgio Aparecido Fernandes