Polí­cia

Foto: Divulgação

Três homens com idades de 18, 20 e 22 anos foram presos pela Polícia Militar na manhã dessa sexta-feira, 15, na cidade de Brasilândia, acusados de furto seguido de danos materiais. O trio é suspeito de ter cometido vários furtos na cidade. Também estava em poder de um revólver calibre 38, que teriam utilizado para ameaçar as vítimas.

A PM foi acionada via 190 e informada que havia um indivíduo armado na cidade. Os policiais se deslocaram ao local e foram informados por um caminhoneiro sobre um furto ocorrido em seu caminhão que estava estacionado no pátio do posto de gasolina durante a noite. Teriam furtado alguns pertences do veículo, como duas baterias, a quantia de R$ 500,00 (quinhentos reais em espécie), um aparelho celular, e uma mochila contendo várias peças de roupas.

Já pela manhã a vítima foi informada por terceiros que os autores do furto eram dois irmãos que estariam naquele momento no posto. A vítima foi atrás da dupla para conversar e houve desentendimentos entre eles, com vias de fato. Os acusados ficaram lesionados e foram encaminhados ao hospital da cidade de Colinas. A viatura acompanhou a ambulância e os suspeitos receberam voz de prisão assim que chegaram ao hospital.

Os policiais então receberam informação que um terceiro envolvido estaria se dirigindo ao posto armado com um revólver para vingar a surra que o irmão havia levado do caminhoneiro. O acusado foi preso pela PM depois de efetuar três disparos no local, que felizmente não atingiram ninguém. Depois que o suspeito foi preso pela PM outras vítimas de furto se manifestaram. Com apoio da Polícia Civil, vários objetos provenientes de furtos praticados pelos três indivíduos foram localizados em lotes baldios da cidade, dentre baterias, aparelhos de DVD, bolsas com peças de roupas, aparelhos celulares, além de uma espingarda calibre 36 e um simulacro de arma de fogo (pistola) dentre outros. Os acusados e todo material apreendido foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil para as providências cabíveis.

Por: Redação

Tags: Brasilândia, Polícia, Polícia Militar