Polí­tica

Foto: Divulgação

O deputado federal Carlos Henrique Gaguim (PTN-TO) protocolou nesta última quarta-feira, 27 de abril, Projeto de Lei nº 4924/2016 que inclui a vacina contra o vírus do Papiloma Humano (HPV) no Programa Nacional de Imunizações, tendo como beneficiários homens e mulheres na faixa etária dos 9 aos 40 anos.

Gaguim explicou que o projeto é importante "para tentarmos erradicar doenças contagiosas como o HPV, que é a doença sexualmente transmissível mais comum em todo o mundo", disse. 

A Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que anualmente seis milhões de pessoas sejam infectadas pelo HPV e que cerca de 80% das mulheres entrarão em contato com esse vírus em algum momento da vida. E esse vírus tem uma participação decisiva no desenvolvimento de determinados tipos de câncer, como de útero, de pênis e de vulva, além de carcinoma de células escamosas.

A vacina contra o HPV é indicada para uso tanto em homens, quanto em mulheres, porém, atualmente o Governo Federal somente disponibiliza para as mulheres. Isso impede a imunização dos homens que ficam, assim, sujeitos à infecção viral e ao desenvolvimento das patologias correlatas, inclusive o câncer.

“Não podemos ter distinção entre homens e mulheres para a vacinação contra o HPV, já que ambos poderão ser afetados por essa doença. Com este projeto em pouco tempo nossa população poderá ser imunizada. Na saúde temos que agir preventivamente, pois precisamos diminuir as filas nos hospitais públicos”, afirmou Gaguim empenhado em trabalhar em prol da saúde.