Polí­tica

Foto: Divulgação

Representantes da entidade Observatório Social, associação que já denunciou a Câmara de Palmas por falta de transparência, reuniram-se com a diretoria da Câmara na manhã desta terça-feira, 17. A finalidade foi discutir adequações do Portal da Transparência a fim de facilitar o acesso à informação ao público.

Técnicos de informática do legislativo detalharam o processo de reestruturação do portal e do site da Câmara para atender à legislação do setor, explicando os mecanismos de busca na internet de informações sobre licitações e contratos, editais, recursos humanos, despesas, patrimônio e prestação de contas, entre outras.

O diretor geral da Câmara, Aurélio Lopes, destacou os esforços que estão sendo empreendidos para fazer portal da Casa de Leis da Capital referência em termos de acesso à informação entre os legislativos municipais do país.

A equipe do Observatório Social estava liderada pela presidente da entidade, Ana Isabel Friedlander. Oito concurseiros da área jurídica também já denunciaram a falta de transparência no Portal da Câmara de Palmas. Foi protocolada uma representação administrativa no Ministério Público Estadual.